sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Descrição de um selfie

Foto em dia de sol. Em um terreno vazio com capim alto, um gato amarelo do peito para cima com as patas dianteiras abertas a frente e levemente inclinado para trás, com olhos arregalados ele mira a lente da câmera. Atrás, na direção do gato, três cachorros com a boca aberta correm em disparada. No rodapé, inserido em uma  faixa vermelha, escrito em letras maiúsculas brancas: The last selfie, dois pontos e fecha parênteses. (Símbolo da carinha sorridente)
Foto em dia de sol. Em um terreno vazio com capim alto, um gato amarelo do peito para cima com as patas dianteiras abertas a frente e levemente inclinado para trás, com olhos arregalados ele mira a lente da câmera. Atrás, na direção do gato, três cachorros com a boca aberta correm em disparada. No rodapé, inserido em uma faixa vermelha, escrito em letras maiúsculas brancas: The last selfie, dois pontos e fecha parênteses. (Símbolo da carinha sorridente)

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Descrição de 3 quadrinhos...

Três quadros retangulares na vertical, cada um de uma cor, no topo, uma faixa cor de rosa onde lê-se: Os sons mais lindos da natureza. Em cada quadro um desenho correspondente à frase. Quadro 1, cor de rosa – A risada de um bebe. Quadro 2, azul – O canto dos pássaros. Quadro 3, amarelo - Outra pessoa lavando a louça. Nota adicional feminista das meninas do Íris Cor de Mel : a pessoa lavando louça da pia lotada é um homem. Hahaha.
Três quadros retangulares na vertical, cada um de uma cor, no topo, uma faixa cor de rosa onde lê-se: Os sons mais lindos da natureza. Em cada quadro um desenho correspondente à frase.
Quadro 1, cor de rosa – A risada de um bebe.
Quadro 2, azul – O canto dos pássaros.
Quadro 3, amarelo - Outra pessoa lavando a louça.
Nota adicional feminista das meninas do Íris Cor de Mel : a pessoa lavando louça da pia lotada é um homem. Hahaha.

Descrição de uma tirinha...

Tira da história em quadrinhos Peanuts, do cartunista Charles Schulz, com quatro quadros, dois personagens e falas em balões – Snoopy o cãozinho beagle de Charlie Brown é extremamente inteligente. Apesar de não falar, de vez em quando externaliza seus pensamentos para os leitores. Ele é branco com orelhas pretas, olhos miúdos e focinho com uma bolinha preta na ponta. A cabeça dele tem o formato de um feijão, o corpo tem poucas manchas pretas e as patas são curtas. Lucy é uma garota mandona e egoísta demais. Vive tirando sarro da cara de Charlie Brown e tem uma paixão não-correspondida por Shchroeder. Ela tem rosto redondo, cabelos crespos curtos e escuros, olhos miúdos, nariz pequeno em C entre os olhos e a boca é um risco. Quadro 1- Snoopy está concentrado, sentado no telhado da sua casinha, ele estende as patinhas em direção à máquina de escrever, no topo do quadrinho lê-se: Querida namorada, sinto sua falta de manhã, de tarde e de noite. Quadro 2- Snoopy sentado no telhado da casinha observa abaixo, Lucy que segura a carta, ela lê e comenta séria: Isso é muito vago... Quadro 3- Lucy devolve a carta e aconselha: Ao escrever para uma garota, você precisa ser mais específico... Quadro 4- Snoopy começa outra carta: Sinto a sua falta às 8:15, às 11:45 e às 21:36...
Tira da história em quadrinhos Peanuts, do cartunista Charles Schulz,
com quatro quadros, dois personagens e falas em balões – Snoopy o cãozinho beagle de Charlie Brown é extremamente inteligente. Apesar de não falar, de vez em quando externaliza seus pensamentos para os leitores. Ele é branco com orelhas pretas, olhos miúdos e focinho com uma bolinha preta na ponta. A cabeça dele tem o formato de um feijão, o corpo tem poucas manchas pretas e as patas são curtas. Lucy é uma garota mandona e egoísta demais. Vive tirando sarro da cara de Charlie Brown e tem uma paixão não-correspondida por Shchroeder. Ela tem rosto redondo, cabelos crespos curtos e escuros, olhos miúdos, nariz pequeno em C entre os olhos e a boca é um risco.
Quadro 1- Snoopy está concentrado, sentado no telhado da sua casinha, ele estende as patinhas em direção à máquina de escrever, no topo do quadrinho lê-se: Querida namorada, sinto sua falta de manhã, de tarde e de noite.
Quadro 2- Snoopy sentado no telhado da casinha observa abaixo, Lucy que segura a carta, ela lê e comenta séria: Isso é muito vago...
Quadro 3- Lucy devolve a carta e aconselha: Ao escrever para uma garota, você precisa ser mais específico...
Quadro 4- Snoopy começa outra carta: Sinto a sua falta às 8:15, às 11:45 e às 21:36...

Descrição de uma tirinha...

Tirinha do Peanuts ou Minduim como é conhecida no Brasil, com dois quadros na vertical, dois personagens e falas em balão. Charlie Brown o protagonista, e Linus, estão deitados em sentidos opostos, com as cabeças recostadas ao pé de uma árvore com as pernas cruzadas e mãos também cruzadas, sobre a barriga. Charlie Brown o perfeito anti-herói, sempre que tenta fazer alguma coisa, fracassa. É conhecido pelo bordão "que puxa!". Os dois personagens têm cabeças redondas, olhos redondinhos, nariz em C posicionado entre os olhos e boca grande feita com risco. Charlie Brown é careca com um topetinho na frente, usa camiseta amarela com estampa preta em zigue-zague circundando a barriga e costas; Linus é o mais novo e intelectual da história, tem cabelos ralos e lisos. Está sempre filosofando sobre a vida, não larga o cobertorzinho azul. Q1- É dia. Charlie Brown pergunta para Linus: Por que as pessoas têm cachorros? Q2- Já é noite. Os dois estão deitados na mesma posição. Linus conclui: Acho que por segurança...pela segurança de saber que existe pelo menos uma criatura no mundo que gosta de você.
Tirinha do Peanuts ou Minduim como é conhecida no Brasil, com dois quadros na vertical, dois personagens e falas em balão. Charlie Brown o protagonista, e Linus, estão deitados em sentidos opostos, com as cabeças recostadas ao pé de uma árvore com as pernas cruzadas e mãos também cruzadas, sobre a barriga. Charlie Brown o perfeito anti-herói, sempre que tenta fazer alguma coisa, fracassa. É conhecido pelo bordão "que puxa!". Os dois personagens têm cabeças redondas, olhos redondinhos, nariz em C posicionado entre os olhos e boca grande feita com risco. Charlie Brown é careca com um topetinho na frente, usa camiseta amarela com estampa preta em zigue-zague circundando a barriga e costas; Linus é o mais novo e intelectual da história, tem cabelos ralos e lisos. Está sempre filosofando sobre a vida, não larga o cobertorzinho azul.
Q1- É dia. Charlie Brown pergunta para Linus: Por que as pessoas têm cachorros?
Q2- Já é noite. Os dois estão deitados na mesma posição. Linus conclui: Acho que por segurança...pela segurança de saber que existe pelo menos uma criatura no mundo que gosta de você.

Descrição de um banner...

Banner retangular com fundo claro. Ao lado direito, foto de um bebe com traços orientais sentadinho em um cadeirão. O cadeirão branco de pernas altas brancas é de plástico moldado junto com mesinha. A cabeça do pequeno, coberta por finos cabelos pretos lisos pende à direita, o rosto delicado de pele claríssima se acomoda em sono profundo sobre a mesinha, os braços e pernas soltam-se no ar. Ao lado esquerdo, lê-se: Acordar Cedo deixa você mais disposto ZzzZzZZzzzZ Disposto a voltar para cama. As letras são pretas e as palavras Cedo, Disposto e ZzzZzZZzzzZ em letras maiores amarelas.
Banner retangular com fundo claro. Ao lado direito, foto de um bebe com traços orientais sentadinho em um cadeirão. O cadeirão branco de pernas altas brancas é de plástico moldado junto com mesinha. A cabeça do pequeno, coberta por finos cabelos pretos lisos pende à direita, o rosto delicado de pele claríssima se acomoda em sono profundo sobre a mesinha, os braços e pernas soltam-se no ar. Ao lado esquerdo, lê-se: Acordar Cedo deixa você mais disposto ZzzZzZZzzzZ Disposto a voltar para cama. As letras são pretas e as palavras Cedo, Disposto e ZzzZzZZzzzZ em letras maiores amarelas.

Descrição de um banner...

Banner quadrado em fundo azul. Na lateral esquerda, três ícones, cada ícone está inserido em um quadrado colorido, de cima para baixo: verde, pessoa usuária de cadeira de rodas; vermelho, pessoa com deficiência visual; roxo, pessoa com deficiência auditiva. À direita, o texto: no topo, letras brancas bem grandes: Virou Lei! Em seguida,em letras vermelhas maiúsculas: Estatuto da Pessoa com Deficiência é Sancionado; abaixo em letras brancas menores: Entre as inovações da lei estão: reclusão de até três anos para quem discriminar pessoas com deficiência; reclusão de até cinco anos a quem negar ou obstar emprego, trabalho ou promoção à pessoa em razão de sua deficiência; auxílio-inclusão às pessoas com deficiência moderada ou grave que entrarem no mercado de trabalho.
Banner quadrado em fundo azul. Na lateral esquerda, três ícones, cada ícone está inserido em um quadrado colorido, de cima para baixo: verde, pessoa usuária de cadeira de rodas; vermelho, pessoa com deficiência visual; roxo, pessoa com deficiência auditiva. À direita, o texto: no topo, letras brancas bem grandes: Virou Lei! Em seguida,em letras vermelhas maiúsculas: Estatuto da Pessoa com Deficiência é Sancionado; abaixo em letras brancas menores: Entre as inovações da lei estão: reclusão de até três anos para quem discriminar pessoas com deficiência; reclusão de até cinco anos a quem negar ou obstar emprego, trabalho ou promoção à pessoa em razão de sua deficiência; auxílio-inclusão às pessoas com deficiência moderada ou grave que entrarem no mercado de trabalho.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Projeto RELATOS - Fernanda Santos

Close de perfil esquerdo: Fernanda é uma morena cor de caramelo claro, o rosto arredondado iluminado pelo brilho da luz está emoldurado pelos cabelos repartidos à esquerda, castanhos escuros cacheados abaixo dos ombros à mostra; a sobrancelha com pelos finos é reta, o azul da sombra cintilante esfumaçada , valoriza o olho amendoado castanho também escuro, finalizado com rímel preto, o nariz é levemente arrebitado e os lábios grossos estão pintados com batom vermelho. Junto ao pescoço, uma correntinha prateada com um pingente redondo.

Isso sim é sacanagem!

Banner retangular, com o nome Eliel em marca d´água. Na foto da cintura para cima, cena sensual: a morena à esquerda, com cabelos longos, está sentada no chão, usa sutiã cor de vinho com rendas claras no decote e alças da mesma cor. Ela enlaça o homem loiro nu, de barba por fazer, pela gravata escura, ele apoiado nas mãos, em posição de gatinho, posiciona-se sobre a perna dela, dobrada, os dois olham-se com paixão. Com os lábios entreabertos ela pede: Fala sacanagem pra mim. Ele fala: Gasolina a 3,59.
Banner retangular, com o nome Eliel em marca d´água. Na foto da cintura para cima, cena sensual: a morena à esquerda, com cabelos longos, está sentada no chão, usa sutiã cor de vinho com rendas claras no decote e alças da mesma cor. Ela enlaça o homem loiro nu, de barba por fazer, pela gravata escura, ele apoiado nas mãos, em posição de gatinho, posiciona-se sobre a perna dela, dobrada, os dois olham-se com paixão. Com os lábios entreabertos ela pede: Fala sacanagem pra mim. Ele fala: Gasolina a 3,59.

Gato é sempre mais dramático...

Banner retangular com bordas pretas. Foto tirada em uma calçada. Do centro da imagem para a borda inferior: um pedinte, um cachorro e um gato, todos posicionados no chão; ao lado esquerdo, à frente de cada um, copos na calçada à espera de donativos. O pedinte, curva o corpo, a testa quase toca o chão, as mãos seguram o copo próximo da cabeça. Ao lado, o cachorro de grande porte com pelagem cor de caramelo, imita o gesto com a cabeça um pouco mais levantada, estica as patas a frente e segura o copo. Ao lado do cachorro, um gato magro com pelagem branca e algum pelo marrom, está de costas, totalmente esticado com as patinhas quase alcançando o copo. Algumas pessoas ao longe observam a cena. No topo na imagem lê-se: gato sempre é mais dramático.
Banner retangular com bordas pretas. Foto tirada em uma calçada. Do centro da imagem para a borda inferior: um pedinte, um cachorro e um gato, todos posicionados no chão; ao lado esquerdo, à frente de cada um, copos na calçada à espera de donativos. O pedinte, curva o corpo, a testa quase toca o chão, as mãos seguram o copo próximo da cabeça. Ao lado, o cachorro de grande porte com pelagem cor de caramelo, imita o gesto com a cabeça um pouco mais levantada, estica as patas a frente e segura o copo. Ao lado do cachorro, um gato magro com pelagem branca e algum pelo marrom, está de costas, totalmente esticado com as patinhas quase alcançando o copo. Algumas pessoas ao longe observam a cena.
No topo na imagem lê-se: gato sempre é mais dramático.

sábado, 21 de novembro de 2015

Descrição de RecadosOnline...

Banner quadrado da RecadosOnline.com: Foto de um bebe e um gato deitados bem folgados de barriga para cima sobre um tapete com desenhos geométricos. Ao lado esquerdo, o bebe com traços orientais usa um macacãozinho branco com estampa de bolinhas, a expressão do rosto é de cansaço, os olhos puxadinhos quase fechados, os bracinhos estão pousados no tapete e as mãozinhas na altura da cabeça. Ao lado direito, o gato gorducho cor de caramelo com as patinhas e barriga branca está com as patas dianteiras viradas para direita quase fora do tapete. Sobre a cabeça do bebe um balãozinho com a fala: Já é sexta-feira? O gato responde: Ainda não, aguenta mais um pouco aí...
Banner quadrado da RecadosOnline.com: Foto de um bebe e um gato deitados bem folgados de barriga para cima sobre um tapete com desenhos geométricos. Ao lado esquerdo, o bebe com traços orientais usa um macacãozinho branco com estampa de bolinhas, a expressão do rosto é de cansaço, os olhos puxadinhos quase fechados, os bracinhos estão pousados no tapete e as mãozinhas na altura da cabeça. Ao lado direito, o gato gorducho cor de caramelo com as patinhas e barriga branca está com as patas dianteiras viradas para direita quase fora do tapete. Sobre a cabeça do bebe um balãozinho com a fala: Já é sexta-feira? O gato responde: Ainda não, aguenta mais um pouco aí...

Descrição de um banner...

Banner retangular / facebook / amor-confiança-felicidade. Em um fundo preto, várias mãos fechadas e abertas sobrepostas encaixam-se e formam uma imagem que remete ao hemisfério cerebral esquerdo de perfil. Os dedos emaranhados assemelham-se aos sulcos do cérebro; ao lado direito, mão esquerda com dedos voltados para frente envolve outra mão e simula o lobo occipital; logo abaixo, mão fechada com o polegar para baixo em sinal positivo, equivale a porção do cerebelo, responsável pelo equilíbrio; o polegar imita a Ponte e o Bulbo, responsáveis pela respiração e batimentos cardíacos. Logo abaixo, lê-se: “O cérebro é o órgão mais fantástico do ser humano...Ele trabalha 24 horas, 365 dias, desde o nascimento até você se apaixonar.”
Banner retangular / facebook / amor-confiança-felicidade. Em um fundo preto, várias mãos fechadas e abertas sobrepostas encaixam-se e formam uma imagem que remete ao hemisfério cerebral esquerdo de perfil. Os dedos emaranhados assemelham-se aos sulcos do cérebro; ao lado direito, mão esquerda com dedos voltados para frente envolve outra mão e simula o lobo occipital; logo abaixo, mão fechada com o polegar para baixo em sinal positivo, equivale a porção do cerebelo, responsável pelo equilíbrio; o polegar imita a Ponte e o Bulbo, responsáveis pela respiração e batimentos cardíacos.
Logo abaixo, lê-se: “O cérebro é o órgão mais fantástico do ser humano...Ele trabalha 24 horas, 365 dias, desde o nascimento até você se apaixonar.”

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

OutroNós com audiodescrição

A OutroNós acredita em um mundo onde tudo deva ser inclusivo e de fácil acesso à todos. Por isso, agora temos uma versão do nosso vídeo com audiodescrição para incluir pessoas com deficiência visual!
Um lindo trabalho de nossas parceiras da Íris Cor de Mel AD / As Meninas dos Olhos AD!

Descrição de um leão...

Foto: em fundo desfocado, um leão apoiado pelas patas traseiras, deita o corpo e firma ambas as patas dianteiras sobre as pedras à beira d´água. Em foco, a cara do leão sob a intensa luz do sol, olhos amarelados combinam com a enorme juba dourada nas laterais e acima da cabeça em castanho escuro, a língua rosada para fora da boca próxima a superfície da água, sorve o líquido cristalino, os pelos úmidos da barbicha evidenciam o exato momento em que o líquido é absorvido e as águas em leve ondulação espelham a cara do grande felino.
Foto: em fundo desfocado, um leão apoiado pelas patas traseiras, deita o corpo e firma ambas as patas dianteiras sobre as pedras à beira d´água. Em foco, a cara do leão sob a intensa luz do sol, olhos amarelados combinam com a enorme juba dourada nas laterais e acima da cabeça em castanho escuro, a língua rosada para fora da boca próxima a superfície da água, sorve o líquido cristalino, os pelos úmidos da barbicha evidenciam o exato momento em que o líquido é absorvido e as águas em leve ondulação espelham a cara do grande felino.

Descrição de Ella e Snowy

Ella é um bebê australiano de aproximadamente 1 ano de idade que nasceu sem o braço esquerdo e Snowy, um Boston Terrier branco de aproximadamente 1 ano que tem apenas 3 patas e foi adotado assim que Brooke, mãe de Ella viu-o para adoção na Internet. Foto em fundo desfocado verde. Snowy, à esquerda e Ella, à direita, sentados sobre uma colcha listrada colorida aberta por cima da grama, Snowy apoia-se com a pata dianteira direita e olha para a câmera com a boca aberta, usa coleira preta com detalhes em cinza e uma peitoral azul com cor cinza abaixo do pescoço, onde lê-se com letras brancas: Ezydog. Ella está de perfil, com expressão em sorriso, com a mão gorducha espalmada sobre a orelha esquerda de Snowy . Ella tem pele alva, cabelos ruivos, finos e curtos, bochecha rosada e usa um macacão jeans sem mangas, a perna direita sob o sol bem próxima a pata de Snowy.
Ella é um bebê australiano de aproximadamente 1 ano de idade que nasceu sem o braço esquerdo e Snowy, um Boston Terrier branco de aproximadamente 1 ano que tem apenas 3 patas e foi adotado assim que Brooke, mãe de Ella viu-o para adoção na Internet.
Foto em fundo desfocado verde. Snowy, à esquerda e Ella, à direita, sentados sobre uma colcha listrada colorida aberta por cima da grama, Snowy apoia-se com a pata dianteira direita e olha para a câmera com a boca aberta, usa coleira preta com detalhes em cinza e uma peitoral azul com cor cinza abaixo do pescoço, onde lê-se com letras brancas: Ezydog. Ella está de perfil, com expressão em sorriso, com a mão gorducha espalmada sobre a orelha esquerda de Snowy . Ella tem pele alva, cabelos ruivos, finos e curtos, bochecha rosada e usa um macacão jeans sem mangas, a perna direita sob o sol bem próxima a pata de Snowy.

Descrição de uma tirinha da Mafalda

Descrição:  Tirinha em preto e branco do cartunista Quino, composta por sete quadros com falas escritas em balões mostra a personagem Mafalda interagindo com dois personagens: Felipe e Manolito. Ela tem aproximadamente seis anos, a cabeça é maior em proporção ao corpo, rosto redondo, cabelos pretos volumosos na altura dos ombros com um laço no alto da cabeça, olhos pequenos redondos, nariz levemente arrebitado e boca larga. Ela usa um vestido quadriculado, meias soquetes brancas e sapatos pretos .  Q1- Mafalda está sozinha em uma esquina. Q2- Manolito, menino gordo com cabelos espetados está virando a esquina, vê Mafalda olhando para cima com os braços abertos e gritando: Afinal de contas para que a gente está no mundo? Q3- Manolito responde: Agora eu estou com pressa, mas se você quiser eu investigo e dou a resposta amanhã.  Q4- Mafalda e Felipe, menino dentuço com cabelos loiros, estão sentados cada um em uma cadeira, com as pernas cruzadas. O menino lê um livro e Mafalda interroga: Alguma vez você se perguntou para que a gente está neste mundo?  Q5- Felipe pensativo responde: Nunca. Mas estou me perguntando agora: “Para que a gente está nesse mundo?” Q6- Gesticulando o menino continua: E vou responder agora mesmo: “ Eu sei lá para que a gente está neste mundo!!!” Q7- Com um leve sorriso Felipe explica: Quanto mais depressa a gente se livrar desse tipo de problema, melhor! fim da descrição
Descrição: 
Tirinha em preto e branco do cartunista Quino, composta por sete quadros com falas escritas em balões mostra a personagem Mafalda interagindo com dois personagens: Felipe e Manolito. Ela tem aproximadamente seis anos, a cabeça é maior em proporção ao corpo, rosto redondo, cabelos pretos volumosos na altura dos ombros com um laço no alto da cabeça, olhos pequenos redondos, nariz levemente arrebitado e boca larga. Ela usa um vestido quadriculado, meias soquetes brancas e sapatos pretos . 
Q1- Mafalda está sozinha em uma esquina.
Q2- Manolito, menino gordo com cabelos espetados está virando a esquina, vê Mafalda olhando para cima com os braços abertos e gritando: Afinal de contas para que a gente está no mundo?
Q3- Manolito responde: Agora eu estou com pressa, mas se você quiser eu investigo e dou a resposta amanhã. 
Q4- Mafalda e Felipe, menino dentuço com cabelos loiros, estão sentados cada um em uma cadeira, com as pernas cruzadas. O menino lê um livro e Mafalda interroga: Alguma vez você se perguntou para que a gente está neste mundo? 
Q5- Felipe pensativo responde: Nunca. Mas estou me perguntando agora: “Para que a gente está nesse mundo?”
Q6- Gesticulando o menino continua: E vou responder agora mesmo: “ Eu sei lá para que a gente está neste mundo!!!”
Q7- Com um leve sorriso Felipe explica: Quanto mais depressa a gente se livrar desse tipo de problema, melhor!
fim da descrição

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Em um encontro histórico...

Foto em preto-e-branco. Entre um grupo de pessoas, ao centro, Einstein e Charles Chaplin lado a lado, nesta ordem, Chaplin é mais baixo que Einstein, um idoso de pele branca, rosto redondo, cabelos brancos sem corte e em desalinho, sobrancelhas curtas, olhos amendoados, nariz reto com narina larga e bigode espesso. Chaplin, um senhor de pele clara, rosto oval, cabelos grisalhos curtos penteados à esquerda, sobrancelhas retas, olhos amendoados, nariz afilado e lábios grossos. Ambos usam smoking com gravata borboleta e seguram chapéus, Einstein carrega sobre o antebraço esquerdo, um casacão xadrez. Sobreposto à foto em letras brancas lê-se: Einstein disse à Chaplin: “O que mais admiro na sua arte, é que você não diz uma palavra e o mundo inteiro te entende.” E Chaplin respondeu: “Mas a sua glória é ainda maior, pois o mundo inteiro te admira, sem entender o que você diz...”.
Foto em preto-e-branco. Entre um grupo de pessoas, ao centro, Einstein e Charles Chaplin lado a lado, nesta ordem, Chaplin é mais baixo que Einstein, um idoso de pele branca, rosto redondo, cabelos brancos sem corte e em desalinho, sobrancelhas curtas, olhos amendoados, nariz reto com narina larga e bigode espesso. Chaplin, um senhor de pele clara, rosto oval, cabelos grisalhos curtos penteados à esquerda, sobrancelhas retas, olhos amendoados, nariz afilado e lábios grossos. Ambos usam smoking com gravata borboleta e seguram chapéus, Einstein carrega sobre o antebraço esquerdo, um casacão xadrez. Sobreposto à foto em letras brancas lê-se: Einstein disse à Chaplin: “O que mais admiro na sua arte, é que você não diz uma palavra e o mundo inteiro te entende.” E Chaplin respondeu: “Mas a sua glória é ainda maior, pois o mundo inteiro te admira, sem entender o que você diz...”.

Descrição de uma senhora com muito estilo...

Banner quadrado dividido verticalmente em duas partes: à esquerda, maior,foto de uma mulher e à direita, em fundo amarelo e letras vermelhas, texto. Uma mulher de meia idade está sentada em um banco de praça, de frente, com os braços para trás apoiados na extremidade superior do encosto do banco de madeira ripada marrom escuro. As mãos relaxadas para baixo, ostentam unhas compridas e esmaltadas em branco; a mulher tem pele branca, rosto delicado e fino, cabelos brancos e presos em um coque fofo, nariz afilado e lábios médios com batom marrom; usa óculos de sol com aros quadrados grandes em amarelo, uma túnica sobre uma saia verde que cobre os joelhos, a túnica tem fundo amarelo com estampa indiana em bege, vermelho, marrom e verde claro, do pescoço à cintura, há uma pala retangular vertical em vermelho, marrom e bege com um correr de pequenos botões vermelhos forrados que finalizam próximo à fivela preta retangular vertical do largo cinto xadrez em roxo e bege. As pernas estão abertas um pouco mais que a largura dos ombros com os joelhos voltados para dentro de onde parte, em ambas as pernas, uma fita em couro marrom amarrada em X até os tornozelos e atada em nó com pingentes coloridos nas pontas, realçando ainda mais os tênis ultramodernos de cano alto em vermelho com manchas pretas, e lingueta desproporcionalmente grande axadrezada em verde,vermelho e amarelo, têm aplicado em preto, no pé direito, as letras:adi e no outro: das. Texto: I don´t know how to act my age. I´ve never been this age before.(tradução: eu não sei como agir na minha idade. Eu nunca tive essa idade antes).
Banner quadrado dividido verticalmente em duas partes: à esquerda, maior,foto de uma mulher e à direita, em fundo amarelo e letras vermelhas, texto. Uma mulher de meia idade está sentada em um banco de praça, de frente, com os braços para trás apoiados na extremidade superior do encosto do banco de madeira ripada marrom escuro. As mãos relaxadas para baixo, ostentam unhas compridas e esmaltadas em branco; a mulher tem pele branca, rosto delicado e fino, cabelos brancos e presos em um coque fofo, nariz afilado e lábios médios com batom marrom; usa óculos de sol com aros quadrados grandes em amarelo, uma túnica sobre uma saia verde que cobre os joelhos, a túnica tem fundo amarelo com estampa indiana em bege, vermelho, marrom e verde claro, do pescoço à cintura, há uma pala retangular vertical em vermelho, marrom e bege com um correr de pequenos botões vermelhos forrados que finalizam próximo à fivela preta retangular vertical do largo cinto xadrez em roxo e bege. As pernas estão abertas um pouco mais que a largura dos ombros com os joelhos voltados para dentro de onde parte, em ambas as pernas, uma fita em couro marrom amarrada em X até os tornozelos e atada em nó com pingentes coloridos nas pontas, realçando ainda mais os tênis ultramodernos de cano alto em vermelho com manchas pretas, e lingueta desproporcionalmente grande axadrezada em verde,vermelho e amarelo, têm aplicado em preto, no pé direito, as letras:adi e no outro: das. Texto: I don´t know how to act my age. I´ve never been this age before.(tradução: eu não sei como agir na minha idade. Eu nunca tive essa idade antes).

Descrição de um Green heron...

Foto de um Green heron, pássaro de porte médio pousado em um tronco grosso e seco próximo a superfície desfocada d´água verde, com o corpo bem inclinado para baixo, equilibra-se com as asas bem abertas formando um semicírculo côncavo que remete a um grande cocar composto por penas brilhantes grandes e fortes em degradée, na parte inferior, do marrom claro misturado com branco ao prata e chumbo, nas extremidades. Ao centro, o corpo longilíneo com plumagem amarronzada que finaliza na cauda com plumas em camadas cinza e branco que misturam-se às prateadas, sobre a cabeça cinza azulada, um boné que finaliza em ponta sobre o marrom do corpo, no longo e fino bico preto, um pequeno peixe recém pescado, da ponta do bico, escorre uma sequência de gotas devolvidas à superfície.
Foto de um Green heron, pássaro de porte médio pousado em um tronco grosso e seco próximo a superfície desfocada d´água verde, com o corpo bem inclinado para baixo, equilibra-se com as asas bem abertas formando um semicírculo côncavo que remete a um grande cocar composto por penas brilhantes grandes e fortes em degradée, na parte inferior, do marrom claro misturado com branco ao prata e chumbo, nas extremidades. Ao centro, o corpo longilíneo com plumagem amarronzada que finaliza na cauda com plumas em camadas cinza e branco que misturam-se às prateadas, sobre a cabeça cinza azulada, um boné que finaliza em ponta sobre o marrom do corpo, no longo e fino bico preto, um pequeno peixe recém pescado, da ponta do bico, escorre uma sequência de gotas devolvidas à superfície.

Descrição de uma foto...

Foto. Angelina Jolie em um pátio de chão de areia, está agachada com o joelho direito apoiado no chão e sobre a coxa da outra perna dobrada e aérea, apoia um garoto magérrimo de pele negra com aspecto ressecado e sujo, o corpo nu parcialmente coberto por camiseta escura, bem maior que ele. Com a cabeça voltada para trás ele abraça a protetora que retribui ternamente espalmando a mão direita abaixo do ombro esquerdo do menino, o braço esquerdo enlaça-o e a mão em concha circunda a frágil cintura. O garoto tem o tornozelo esquerdo amarrado por um tecido azul retorcido, preso a uma corda fortemente estirada em uma estaca de pau. Angelina é uma mulher de pele alva, magra, rosto oval, cabelos castanhos escuros lisos e compridos presos para trás por uma fina tiara preta, sobrancelhas curtas, olhos fechados, nariz médio levemente arrebitado e lábios grossos; ela usa um macacão e botinas pretos. Ao fundo, um muro com reboco rachado e em uma parte à direita, no alto, quebrado. Sobreposto à foto escrito em letras brancas, lê-se: O mundo precisa de atitudes, não de opiniões. Opinião nenhuma mata fome ou cura doença. Angelina Jolie.
Foto. Angelina Jolie em um pátio de chão de areia, está agachada com o joelho direito apoiado no chão e sobre a coxa da outra perna dobrada e aérea, apoia um garoto magérrimo de pele negra com aspecto ressecado e sujo, o corpo nu parcialmente coberto por camiseta escura, bem maior que ele. Com a cabeça voltada para trás ele abraça a protetora que retribui ternamente espalmando a mão direita abaixo do ombro esquerdo do menino, o braço esquerdo enlaça-o e a mão em concha circunda a frágil cintura. O garoto tem o tornozelo esquerdo amarrado por um tecido azul retorcido, preso a uma corda fortemente estirada em uma estaca de pau. Angelina é uma mulher de pele alva, magra, rosto oval, cabelos castanhos escuros lisos e compridos presos para trás por uma fina tiara preta, sobrancelhas curtas, olhos fechados, nariz médio levemente arrebitado e lábios grossos; ela usa um macacão e botinas pretos. Ao fundo, um muro com reboco rachado e em uma parte à direita, no alto, quebrado. Sobreposto à foto escrito em letras brancas, lê-se: O mundo precisa de atitudes, não de opiniões. Opinião nenhuma mata fome ou cura doença. Angelina Jolie.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Convite da 4ª edição da Festa da Interação no Ibirapuera!


Descrição de uma manada de elefantes

 Foto. Na floresta parcialmente oculta pela neblina, uma manada de elefantes de cor marrom acinzentada está reunida em um estreito caminho com chão pedregoso. Em foco, dois elefantes de perfil, um de frente para o outro com as cabeças levemente para cima, entrelaçam as trombas formando uma ponte. Abaixo e um pouco afastado da dupla, um filhote de costas, acompanha os elefantes maiores. A manada segue ao longe sob a névoa translúcida. No canto inferior esquerdo em letras brancas maiúsculas,lê-se: Saevus. Tradução do Latim: Saevus = Feroz.

Foto. Na floresta parcialmente oculta pela neblina, uma manada de elefantes de cor marrom acinzentada está reunida em um estreito caminho com chão pedregoso. Em foco, dois elefantes de perfil, um de frente para o outro com as cabeças levemente para cima, entrelaçam as trombas formando uma ponte. Abaixo e um pouco afastado da dupla, um filhote de costas, acompanha os elefantes maiores. A manada segue ao longe sob a névoa translúcida. No canto inferior esquerdo em letras brancas maiúsculas,lê-se: Saevus. Tradução do Latim: Saevus = Feroz.

Descrição de um Rufous

Foto em fundo desfocado marrom esverdeado. Ao centro, um Rufous-crested Coquette, pássaro de pequeno porte, de frente, pousado em um fino galho seco. Plumagem densa marrom no corpo, verde-limão brilhante ao redor do pescoço em forma de babador, nos olhos, uma faixa preta em forma de máscara, bico rosado médio, cabeça laranja intenso e no alto, em tom mais claro penas compridas que remetem a um cocar. No canto inferior direito, parte de outro galho seco. No rodapé lê-se: 2013 Ken Wilson KEN@talontours.com
Foto em fundo desfocado marrom esverdeado. Ao centro, um Rufous-crested Coquette, pássaro de pequeno porte, de frente, pousado em um fino galho seco. Plumagem densa marrom no corpo, verde-limão brilhante ao redor do pescoço em forma de babador, nos olhos, uma faixa preta em forma de máscara, bico rosado médio, cabeça laranja intenso e no alto, em tom mais claro penas compridas que remetem a um cocar. No canto inferior direito, parte de outro galho seco. No rodapé lê-se: 2013 Ken Wilson KEN@talontours.com

Descrição de um Nicobar pigeon

Foto de um Nicobar pigeon (Caloenas nicobarica). Em um fundo verde desfocado, um pombo de grande porte pousado em um galho curvo: cabeça pequena com plumagem curta e densa azul claro, que se alonga na região do pescoço criando uma espécie de manto em pontas em azul-verde-amarelo e cobre, olhos redondos escuros e expressivos, bico robusto e possui uma parte carnuda cerosa na base superior, asas fortes em azul-esverdeado metálico, cauda curta azul escuro brilhante, garras longas vermelhas arroxeadas e extremidades amarelas.No canto inferior direito o autor da foto: John Williams.
Foto de um Nicobar pigeon (Caloenas nicobarica). Em um fundo verde desfocado, um pombo de grande porte pousado em um galho curvo: cabeça pequena com plumagem curta e densa azul claro, que se alonga na região do pescoço criando uma espécie de manto em pontas em azul-verde-amarelo e cobre, olhos redondos escuros e expressivos, bico robusto e possui uma parte carnuda cerosa na base superior, asas fortes em azul-esverdeado metálico, cauda curta azul escuro brilhante, garras longas vermelhas arroxeadas e extremidades amarelas.No canto inferior direito o autor da foto: John Williams.

Descrição da foto de Johnny Depp

Foto em close do ator Johnny Depp, um moreno claro com rosto em formato quadrado, cabelos curtos lisos com franjão, quatro mechas bem fininhas desalinhadas com gel descem sobre o olho direito até quase a altura dos lábios, as sobrancelhas retas emolduram os olhos focados diretamente para nós, em formato amendoado castanhos escuros com uma linha fina de lápis preto nos cílios inferiores, o nariz é fino e reto, o bigode tem fios ralos escuros, voltados um pouco abaixo dos lábios médios, rosados e bem desenhados, o cavanhaque acompanha a linha do bigode mas não se une à ele, tem raros fios brancos e detalhe de alguns pelos em formato de T abaixo do lábio inferior. Brincos de pequenas argolas prateadas adornam as orelhas do moreno, duas na orelha esquerda e uma na direita. A gola da camisa branca despojadamente voltada para dentro deixa à mostra abaixo dela parte uma corrente de elos prateados sobre blazer ou algo do gênero, em preto. No peito do ator, um colar curto estilo tribal, com pequenos canudinhos de madeira intercalados com contas claras e em tons de marrom finalizado com pingentes e detalhes em prata.
Foto em close do ator Johnny Depp, um moreno claro com rosto em formato quadrado, cabelos curtos lisos com franjão, quatro mechas bem fininhas desalinhadas com gel descem sobre o olho direito até quase a altura dos lábios, as sobrancelhas retas emolduram os olhos focados diretamente para nós, em formato amendoado castanhos escuros com uma linha fina de lápis preto nos cílios inferiores, o nariz é fino e reto, o bigode tem fios ralos escuros, voltados um pouco abaixo dos lábios médios, rosados e bem desenhados, o cavanhaque acompanha a linha do bigode mas não se une à ele, tem raros fios brancos e detalhe de alguns pelos em formato de T abaixo do lábio inferior. Brincos de pequenas argolas prateadas adornam as orelhas do moreno, duas na orelha esquerda e uma na direita. A gola da camisa branca despojadamente voltada para dentro deixa à mostra abaixo dela parte uma corrente de elos prateados sobre blazer ou algo do gênero, em preto. No peito do ator, um colar curto estilo tribal, com pequenos canudinhos de madeira intercalados com contas claras e em tons de marrom finalizado com pingentes e detalhes em prata. 

Descrição de tirinhas...

Ilustração em duas tirinhas horizontais. Superior: inserido no canto superior esquerdo um retângulo amarelo com o título em letras pretas: Cachorros. Quatro diálogos entre um menino e um cachorrinho, ambos em diferentes posições: o cão, sempre saltitante e atento e o menino: ora com as mãos ao longo do corpo, ora para frente e para trás.  D1: Quer uma bolinha? SIM!Sim!! ; D2: Quer uma pedra? SIMM!! ; D3: Quer uma meia velha e suja? SIM!Sim!!! ; D4: Quer...? Sim!Sim!Sim! Inferior: inserido no canto superior esquerdo um retângulo amarelo com o título em letras pretas: Gatos. Um diálogo entre uma mulher com cabelo preso em coque e vestido vermelho e um gato branco. A mulher olha para o felino que se afasta, ela está em pé e segura com a mão direita, um pote redondo dizendo: Quer salmão gourmet cremoso importado? De costas, o bichano responde: ...eu te aviso...
Ilustração em duas tirinhas horizontais. Superior: inserido no canto superior esquerdo um retângulo amarelo com o título em letras pretas: Cachorros. Quatro diálogos entre um menino e um cachorrinho, ambos em diferentes posições: o cão, sempre saltitante e atento e o menino: ora com as mãos ao longo do corpo, ora para frente e para trás. 
D1: Quer uma bolinha? SIM!Sim!! ; D2: Quer uma pedra? SIMM!! ; D3: Quer uma meia velha e suja? SIM!Sim!!! ; D4: Quer...? Sim!Sim!Sim!
Inferior: inserido no canto superior esquerdo um retângulo amarelo com o título em letras pretas: Gatos. Um diálogo entre uma mulher com cabelo preso em coque e vestido vermelho e um gato branco. A mulher olha para o felino que se afasta, ela está em pé e segura com a mão direita, um pote redondo dizendo: Quer salmão gourmet cremoso importado? De costas, o bichano responde: ...eu te aviso...

Descrição de um banner...

Banner com fundo em formas quadrangulares verdes, sobrepostas em transparência. A sombra de um aviãozinho de papel branco se projeta abaixo na forma de um avião. Acima do aviãozinho, lê-se em letras pretas: O sonho é meu... Abaixo da sombra do avião: e eu enxergo como quiser.
Banner com fundo em formas quadrangulares verdes, sobrepostas em transparência. A sombra de um aviãozinho de papel branco se projeta abaixo na forma de um avião. Acima do aviãozinho, lê-se em letras pretas: O sonho é meu... Abaixo da sombra do avião: e eu enxergo como quiser.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Descrição de uma foto...

Foto tirada por Mariana Bittencourt. Composição em três linhas de uma sequência de fotos. De cima para baixo: Linha 1: À esquerda, a encosta de um morro com casas quase escondidas pela intensa vegetação. No perfil do morro, desponta parte da lua brilhante em um céu ao entardecer. À direita, no horizonte, o mar. Linha 2: À esquerda, foco em parte da lua, maior e dourada, aparecendo em um céu um pouco mais escuro, no perfil da encosta entre a intensa vegetação e um casarão. Linha 3: À esquerda, a lua prateada quase por inteira, parte da copa de uma árvore encobre uma pequena região da superfície inferior esquerda e o luar, ilumina a parte superior do casarão e o céu escuro.
Foto tirada por Mariana Bittencourt. Composição em três linhas de uma sequência de fotos. De cima para baixo:
Linha 1: À esquerda, a encosta de um morro com casas quase escondidas pela intensa vegetação. No perfil do morro, desponta parte da lua brilhante em um céu ao entardecer. À direita, no horizonte, o mar.
Linha 2: À esquerda, foco em parte da lua, maior e dourada, aparecendo em um céu um pouco mais escuro, no perfil da encosta entre a intensa vegetação e um casarão.
Linha 3: À esquerda, a lua prateada quase por inteira, parte da copa de uma árvore encobre uma pequena região da superfície inferior esquerda e o luar, ilumina a parte superior do casarão e o céu escuro.

Descrição de um conjunto de prédios na Dinamarca...

Foto. Em primeiro plano, em um dia ensolarado, um grupo de pessoas sobre a areia branca praticam esportes com bola. Ao fundo, um arrojado, ventilado e bem iluminado conjunto de torres brancas em formatos geométricos, composto por triângulos irregulares. Há janelas quadradas grandes e retangulares e triangulares menores, portas retangulares com pequenas sacadas de vidros azuis. O conjunto remete à icebergs sob um céu azul com poucas nuvens.
Foto. Em primeiro plano, em um dia ensolarado, um grupo de pessoas sobre a areia branca praticam esportes com bola. Ao fundo, um arrojado, ventilado e bem iluminado conjunto de torres brancas em formatos geométricos, composto por triângulos irregulares. Há janelas quadradas grandes e retangulares e triangulares menores, portas retangulares com pequenas sacadas de vidros azuis. O conjunto remete à icebergs sob um céu azul com poucas nuvens.

Descrição de um banner...

Banner. Foto em fundo preto mostra arte ao centro, iluminada por um foco claro: Um emaranhado de fios elétricos delineia a copa arredondada de uma árvore; celulares, chaves de carro, pilhas, adaptadores, conexões, Ipod, uma tomada e um microfone intercalados aos fios remetem aos frutos. O tronco é representado por um controle remoto. Na borda inferior lê-se: Nem tudo substitui a natureza, plante árvores.
Banner. Foto em fundo preto mostra arte ao centro, iluminada por um foco claro: Um emaranhado de fios elétricos delineia a copa arredondada de uma árvore; celulares, chaves de carro, pilhas, adaptadores, conexões, Ipod, uma tomada e um microfone intercalados aos fios remetem aos frutos. O tronco é representado por um controle remoto. Na borda inferior lê-se: Nem tudo substitui a natureza, plante árvores.

Descrição de uma escultura de Bernini

Foto em preto e branco de parte de uma escultura em mármore: O rapto de Proserpina. O deus Hades sustenta a deusa Proserpina na altura dos ombros, nua, com o corpo em perfil ; a perna esquerda pousa levemente sobre a outra e produz sombra no joelho direito; o delicado pé esquerdo, voltado para baixo está no ar. A mão direita de Hades segura fortemente a coxa de Proserpina, os dedos pressionam a carne de aspecto firme; a outra mão de Hades enlaça vigorosamente a cintura da deusa, o dedo indicador afunda na carne lateral das costas e forma um L com o dedo polegar. No topo, parte das pontas dos cabelos cacheados de Proserpina ao vento, nas costas, uma sombra contrasta o brilho de um foco de luz sobre o ombro e, parte do braço em angulo, revela uma porção do pequeno seio esquerdo próximo aos cabelos ondulados de Hades; a mão da deusa se lança a frente do corpo e atinge a cabeça de Hades. Entre os corpos vigorosos, um manto ondula em pregas. No teto, uma pintura com duas figuras humanas.
Gian Lorenzo Bernini ou simplesmente Bernini (Nápoles, 7 de dezembro de 1598 – Roma, 28 de novembro de 1680) foi um eminente artista do barroco italiano, trabalhando principalmente na cidade de Roma. Distinguiu-se como escultor e arquiteto, ainda que tivesse sido pintor, desenhista, cenógrafo e criador de espectáculos de pirotecnia. Esculpiu numerosas obras de arte presentes até os dias atuais em Roma e no Vaticano. 
Descrição:Foto em preto e branco de parte de uma escultura em mármore: O rapto de Proserpina. O deus Hades sustenta a deusa Proserpina na altura dos ombros, nua, com o corpo em perfil ; a perna esquerda pousa levemente sobre a outra e produz sombra no joelho direito; o delicado pé esquerdo, voltado para baixo está no ar. A mão direita de Hades segura fortemente a coxa de Proserpina, os dedos pressionam a carne de aspecto firme; a outra mão de Hades enlaça vigorosamente a cintura da deusa, o dedo indicador afunda na carne lateral das costas e forma um L com o dedo polegar. No topo, parte das pontas dos cabelos cacheados de Proserpina ao vento, nas costas, uma sombra contrasta o brilho de um foco de luz sobre o ombro e, parte do braço em angulo, revela uma porção do pequeno seio esquerdo próximo aos cabelos ondulados de Hades; a mão da deusa se lança a frente do corpo e atinge a cabeça de Hades. Entre os corpos vigorosos, um manto ondula em pregas. No teto, uma pintura com duas figuras humanas.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Projeto RELATOS - Wallace Vieira


Foto de Wallace Vieira com expressão facial séria está em pé, de frente em pose para a foto, é um jovem negro de cabelos curtos, óculos escuros, nariz médio, lábios grossos, corpo atlético; usa camisa polo azul, calça jeans, tênis branco com detalhes em azul.  Atrás dele, uma cerca de madeira e ao fundo...a natureza e o céu azul claro. 

                Vivemos em um tempo, no qual todos têm seus problemas, suas dificuldades e seus obstáculos; porém devemos logo ter a consciência que não existe problema sem solução, que não existe obstáculo que não possa ser superado e que se há alguma dificuldade podemos adaptá-la ao nosso modo.
A SUPERAÇÃO aparece a partir do ponto em que você decide passar por algo, o mesmo que julgam ser impossível, as pessoas perdem muito tempo dando valor aos problemas, quando deveriam enfrentá-los e mais tempo ainda dando ouvidos ao o que os outros falam, tornando assim seu problema maior do que de início.
Já notou que a palavra SUPERAÇÃO pode ser dividida em SUPER AÇÃO? isso deve-se ao fato de que ao passarmos por um problema ou enfrentarmos um obstáculo, logo executamos uma SUPER AÇÃO, esta nos faz SUPERAR, nos faz acreditar que conquistar algo é apenas uma questão de esforço. Cada pessoa tem seu modo de se SUPERAR, modo este que a faz acreditar em si mesma, criando assim uma auto confiança, e a pessoa que confia em si mesma pode conquistar tudo o que almejar, sendo quando necessário totalmente capaz de executar uma SUPER AÇÃO.
Na condição de deficiente visual tenho me superado a cada dia, ao olhar meu passado vejo o quanto superei e quantas SUPER AÇÕES executei. Perdi a visão por problema de saúde, o mesmo em que quase me levou a morte, por isso falo de SUPERAÇÃO não como uma medalha pendurada na parede de meu quarto, mas sim como uma cicatriz que tenho na cabeça, esta quando ponho minhas mãos logo vejo o quanto superei, o quanto fui capaz de executar SUPER AÇÕES, minhas lembranças não são doloridas, elas são satisfatórias, pois me mostram o quanto pude e o quanto posso.
Uma das áreas em que mais me supero é no esporte, sou atleta de GOALBALL, e ao entrar em quadra logo sinto as mesmas emoções que sentia quando entrava em campo quando enxergava. Me sinto vivo em quadra, me sinto capaz de executar SUPER AÇÕES que gritam ao meu ouvido, que sou capaz, e se por algum evento correr de tomar um goal... vejo onde errei e concerto para que não venho tomar outros.
A verdade é que ninguém si supera sozinho, ninguém faz nada sozinho, pois somos elos de uma mesma corrente, corrente esta que nos mantém sempre juntos uns aos outros. Aquele que tem verdadeiros amigos tem boa parte do caminho para si superar, e aquele que tem DEUS, este sim tem toda superação em mãos. O mundo foi feito para ser conquistado e quem deve conquistá-lo somos nós, isso não é uma tarefa fácil, mas se realmente quisermos e nos esforçarmos, logo o conquistamos. Supere a cada dia porque a SUPER AÇÃO parte de você.



As Meninas dos Olhos AD no Diversidade na Rua

Bottom redondo em fundo branco com o logo de  "As Meninas dos Olhos": Escrito na cor cinza, letra A inicial e letra D estão destacadas em lilás. Em cima da letra i, uma íris verde com pupila preta. Acima, de “As Meninas”, um delicado traço lilás com aspecto de uma pálpebra estilizada, e abaixo, lê-se: dos Olhos.

As Meninas dos Olhos AD participando no site Diversidade na Rua com o Projeto Relatos.

Fonte: http://www.diversidadenarua.cc/tuahistoria/ler/61/projeto-relatos---

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Descrição de um professor,médico e policial...

Foto composição em um quadrado, três imagens e um texto em duas linhas e duas colunas. Quadro1: em um quarto, um homem jovem seminu, lê sentado próximo à cama com lençóis alvos. Ele tem pele branca levemente bronzeada, peito, braços e pernas musculosos cobertos por poucos pelos, cabelos castanhos escuros, rosto oval, sobrancelhas retas, lábios médios, barba e bigode por fazer; usa óculos de grau com armação metalizada e relógio preto esportivo no pulso esquerdo. Ao fundo, próximo à parede parda, uma estante com livros.  Quadro2: selfie de um jovem médico em um corredor de hospital arejado e ensolarado com as paredes azulejadas até a metade em bege finalizadas por uma fileira verde. Ele tem pele clara, cabelos castanhos raspados nas laterais e um topete ondulado em desalinho. Sobrancelhas espessas e retas, olhos amendoados, nariz afilado, lábios grossos, barba e bigode por fazer; usa jaleco branco sobre camisa polo cinza com mesclas pretas, e apoiado ao redor do pescoço, um estetoscópio. Quadro3: em uma avenida, um jovem policial da cintura para cima sorri para a câmera. Ele tem porte atlético, pele branca, rosto anguloso, sobrancelhas espessas retas, olhos amendoados, nariz afilado, lábios grossos, e dentes alvos; usa boné cinza com a aba em curva, colete no mesmo tom, a prova de balas, com emblema da polícia sobre camisa grafite de mangas curtas, apertadas nas extremidades, evidenciando os antebraços musculosos.  Quadro4: texto em letras pretas sobre fundo branco: Queremos um País com mais: Educação, Saúde, Segurança.
Foto composição em um quadrado, três imagens e um texto em duas linhas e duas colunas.
Quadro1: em um quarto, um homem jovem seminu, lê sentado próximo à cama com lençóis alvos. Ele tem pele branca levemente bronzeada, peito, braços e pernas musculosos cobertos por poucos pelos, cabelos castanhos escuros, rosto oval, sobrancelhas retas, lábios médios, barba e bigode por fazer; usa óculos de grau com armação metalizada e relógio preto esportivo no pulso esquerdo. Ao fundo, próximo à parede parda, uma estante com livros. 
Quadro2: selfie de um jovem médico em um corredor de hospital arejado e ensolarado com as paredes azulejadas até a metade em bege finalizadas por uma fileira verde. Ele tem pele clara, cabelos castanhos raspados nas laterais e um topete ondulado em desalinho. Sobrancelhas espessas e retas, olhos amendoados, nariz afilado, lábios grossos, barba e bigode por fazer; usa jaleco branco sobre camisa polo cinza com mesclas pretas, e apoiado ao redor do pescoço, um estetoscópio.
Quadro3: em uma avenida, um jovem policial da cintura para cima sorri para a câmera. Ele tem porte atlético, pele branca, rosto anguloso, sobrancelhas espessas retas, olhos amendoados, nariz afilado, lábios grossos, e dentes alvos; usa boné cinza com a aba em curva, colete no mesmo tom, a prova de balas, com emblema da polícia sobre camisa grafite de mangas curtas, apertadas nas extremidades, evidenciando os antebraços musculosos. 
Quadro4: texto em letras pretas sobre fundo branco: Queremos um País com mais: Educação, Saúde, Segurança.

Descrição de dois casais...

Casal de cegos casou-se após seus cães-guias se apaixonarem. Dois cegos proprietários de cães-guias se casaram depois que seus cães os fizeram se conhecer e se apaixonar. Claire Johnson, de 50 anos, e Mark Gaffey, de 51, se casaram em Baralston, Stoke-on-Trent, na Inglaterra, depois de seus cachorros se apaixonarem um pelo outro há dois anos. Os cães-guias, Venice e Rodd, fizeram o casal se apaixonar quando caminhavam com seus donos.Os recém-casados se conheceram em 2012 em um curso de formação de cães-guias, que durou duas semanas.Foi evidente que Rodd e Veneza se apaixonaram, tocando e cheirando um ao outro durante todo o treinamento.A noiva disse: “Eu não tenho nenhuma dúvida de que nossos cães-guias nos colocaram juntos e me ajudaram a encontrar meu verdadeiro amor.”Quando o treinamento terminou, suas vidas mudaram para sempre. Descrição: Foto. Ao centro, sob o céu com névoa, os noivos, à esquerda, Claire e à direita, Mark. Eles seguram as guias de Venice, à direita de Claire e Rodd, à esquerda de Mark. Os noivos miram-se sorrindo, do mesmo modo Venice e Rodd trocam olhares. Claire é uma mulher de pele alva, usa uma discreta tiara sobre os cabelos castanhos bem claros presos em coque, casaco de malha leve sobre vestido bege de cetim longo e sapatos de salto baixo no mesmo tom. Mark é um homem de pele branca, alto, cabelos grisalhos e curtos, usa óculos de lentes grossas, terno preto sobre camisa cinza e gravata com listras diagonais em branco e grafite, na lapela, uma rosa amarela e no bolso do paletó, um lenço cinza. Venice é uma labradora com pelagem bege e é menor que Rodd, um labrador com pelagem café com leite, preso às guias, um pequeno e franzido véu enfeita os cães. Ao fundo, um coreto com estrutura em ferro coberto por telhado claro, ao redor, o gramado, arbustos e árvores nuas sobrepostas ao céu com névoa complementam o cenário.
Casal de cegos casou-se após seus cães-guias se apaixonarem. Dois cegos proprietários de cães-guias se casaram depois que seus cães os fizeram se conhecer e se apaixonar. Claire Johnson, de 50 anos, e Mark Gaffey, de 51, se casaram em Baralston, Stoke-on-Trent, na Inglaterra, depois de seus cachorros se apaixonarem um pelo outro há dois anos. Os cães-guias, Venice e Rodd, fizeram o casal se apaixonar quando caminhavam com seus donos.Os recém-casados se conheceram em 2012 em um curso de formação de cães-guias, que durou duas semanas.Foi evidente que Rodd e Veneza se apaixonaram, tocando e cheirando um ao outro durante todo o treinamento.A noiva disse: “Eu não tenho nenhuma dúvida de que nossos cães-guias nos colocaram juntos e me ajudaram a encontrar meu verdadeiro amor.”Quando o treinamento terminou, suas vidas mudaram para sempre.
Descrição: Foto. Ao centro, sob o céu com névoa, os noivos, à esquerda, Claire e à direita, Mark. Eles seguram as guias de Venice, à direita de Claire e Rodd, à esquerda de Mark. Os noivos miram-se sorrindo, do mesmo modo Venice e Rodd trocam olhares. Claire é uma mulher de pele alva, usa uma discreta tiara sobre os cabelos castanhos bem claros presos em coque, casaco de malha leve sobre vestido bege de cetim longo e sapatos de salto baixo no mesmo tom. Mark é um homem de pele branca, alto, cabelos grisalhos e curtos, usa óculos de lentes grossas, terno preto sobre camisa cinza e gravata com listras diagonais em branco e grafite, na lapela, uma rosa amarela e no bolso do paletó, um lenço cinza. Venice é uma labradora com pelagem bege e é menor que Rodd, um labrador com pelagem café com leite, preso às guias, um pequeno e franzido véu enfeita os cães. Ao fundo, um coreto com estrutura em ferro coberto por telhado claro, ao redor, o gramado, arbustos e árvores nuas sobrepostas ao céu com névoa complementam o cenário.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Quatro senhoras excêntricas...

Foto. Quatro senhoras no meio da rua em pé, de frente e em pose. Três estão de braços cruzados e a segunda, com a mão esquerda apoiada no braço direito e o dedo indicador direito no queixo. Todas são esguias com porte elegante, pele bem clara em contraste com lábios pintados de vermelho, usam óculos, chapéus e roupas extravagantes multicoloridas. Da esquerda para a direita os looks:  Senhora 1: chapéu em forma de disco forrado com tecido estampado em tons de azul, amarelo, vermelho e preto, óculos de grau, anatômico de aro preto, brinco redondo chapado verde limão, capa comprida em fundo amarelo de tecido rugoso e fino com estampas alternadas em azul, lilás, verde, laranja, vermelho e branco com aspecto de uma aquarela e luvas verdes; três flores margaridas estão encaixadas no bolso esquerdo, parte da saia mostarda e plissada mostra-se na altura das canelas, sapatilhas de retalhos creme e verde claro-escuro. Senhora 2: chapéu redondo e achatado, forrado com tecido cinza, no topo, um enorme laço quase da largura dos ombros, grandes óculos de sol com aros redondos pretos, casaco sete oitavos cinza com ombreiras altas adornadas com uma alça enfileirada de botões grandes e barra de pele nos punhos, sobre vestido em tom de abóbora e avermelhado e saia bem rodada em transparência com acabamento em fita de cetim no mesmo tom contornando toda a barra, luvas pink e meias rosas que cobrem até quase a metade do peito do pé compostas com sapatos de salto mediano em amarelo e marrom. Senhora 3: chapéu preto em forma de bandeja,adornado no topo com flores em: vermelho, amarelo, azul e roxo, óculos grandes de sol com aros redondos pretos, casaco longo em fundo roxo com gola alta cenoura, listras largas na vertical até a altura da coxa nas cores: pink, amarelo, marrom e cenoura, na gola há dois broches dourados retangulares, luvas azul turquesa despontam nas mangas roxas; da altura do joelho para baixo desce a saia vermelha longa em tecido leve costurado em camadas médias; meias pink conferem um ar divertido à sandália de duas tiras, superior em prata e a outra, em vermelho claro. Uma grande bolsa retangular de palha com bordados de flores roxas está apoiada elegantemente pelas alças de corda vermelha no braço esquerdo, dentro, um buquê de flores em amarelo, lilás, azul e vinho.  Senhora 4: chapéu ultramoderno com base redonda bege encaixada no topo da cabeça onde desponta um enorme adorno similar a um arabesco, os cabelos brancos lisos curtos com franja emolduram os óculos escuros de aros redondos, os dentes cerrados prendem o caule de um cravo amarelo; junto ao pescoço, colares de bolas do tamanho das de ping e pong nas cores verde escuro, dourado e vermelho e amarelo compostos com outro mais longo de bolas menores e brancas; casaco ocre de malha de tricô em pontos largos como tela sobre o vestido preto comprido; três pulseiras no punho esquerdo em vermelho, bege e verde, nos dedos, enormes anéis vermelhos, uma bolsa de couro vermelho com uma alça bem fininha na diagonal do corpo, uma sacola grandona vermelha em petit-pois preto apoiada pelas alças no braço esquerdo, e botas pretas equilibradas por plataformas centrais, deixam o bico e o calcanhar livres. Ao fundo, imagem desfocada da cidade em tons acinzentados.
Foto. Quatro senhoras no meio da rua em pé, de frente e em pose. Três estão de braços cruzados e a segunda, com a mão esquerda apoiada no braço direito e o dedo indicador direito no queixo. Todas são esguias com porte elegante, pele bem clara em contraste com lábios pintados de vermelho, usam óculos, chapéus e roupas extravagantes multicoloridas. Da esquerda para a direita os looks: 
Senhora 1: chapéu em forma de disco forrado com tecido estampado em tons de azul, amarelo, vermelho e preto, óculos de grau, anatômico de aro preto, brinco redondo chapado verde limão, capa comprida em fundo amarelo de tecido rugoso e fino com estampas alternadas em azul, lilás, verde, laranja, vermelho e branco com aspecto de uma aquarela e luvas verdes; três flores margaridas estão encaixadas no bolso esquerdo, parte da saia mostarda e plissada mostra-se na altura das canelas, sapatilhas de retalhos creme e verde claro-escuro.
Senhora 2: chapéu redondo e achatado, forrado com tecido cinza, no topo, um enorme laço quase da largura dos ombros, grandes óculos de sol com aros redondos pretos, casaco sete oitavos cinza com ombreiras altas adornadas com uma alça enfileirada de botões grandes e barra de pele nos punhos, sobre vestido em tom de abóbora e avermelhado e saia bem rodada em transparência com acabamento em fita de cetim no mesmo tom contornando toda a barra, luvas pink e meias rosas que cobrem até quase a metade do peito do pé compostas com sapatos de salto mediano em amarelo e marrom.
Senhora 3: chapéu preto em forma de bandeja,adornado no topo com flores em: vermelho, amarelo, azul e roxo, óculos grandes de sol com aros redondos pretos, casaco longo em fundo roxo com gola alta cenoura, listras largas na vertical até a altura da coxa nas cores: pink, amarelo, marrom e cenoura, na gola há dois broches dourados retangulares, luvas azul turquesa despontam nas mangas roxas; da altura do joelho para baixo desce a saia vermelha longa em tecido leve costurado em camadas médias; meias pink conferem um ar divertido à sandália de duas tiras, superior em prata e a outra, em vermelho claro. Uma grande bolsa retangular de palha com bordados de flores roxas está apoiada elegantemente pelas alças de corda vermelha no braço esquerdo, dentro, um buquê de flores em amarelo, lilás, azul e vinho. 
Senhora 4: chapéu ultramoderno com base redonda bege encaixada no topo da cabeça onde desponta um enorme adorno similar a um arabesco, os cabelos brancos lisos curtos com franja emolduram os óculos escuros de aros redondos, os dentes cerrados prendem o caule de um cravo amarelo; junto ao pescoço, colares de bolas do tamanho das de ping e pong nas cores verde escuro, dourado e vermelho e amarelo compostos com outro mais longo de bolas menores e brancas; casaco ocre de malha de tricô em pontos largos como tela sobre o vestido preto comprido; três pulseiras no punho esquerdo em vermelho, bege e verde, nos dedos, enormes anéis vermelhos, uma bolsa de couro vermelho com uma alça bem fininha na diagonal do corpo, uma sacola grandona vermelha em petit-pois preto apoiada pelas alças no braço esquerdo, e botas pretas equilibradas por plataformas centrais, deixam o bico e o calcanhar livres. Ao fundo, imagem desfocada da cidade em tons acinzentados.