quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Feliz 2015!

A tirinha em preto e branco apresenta a personagem Mafalda em dois quadros e falas em balões. Mafalda é uma personagem criada pelo cartunista Joaquin Salvador Lavado, mais conhecido como Quino. É uma menina inteligente, rebelde, contestadora e odeia: a injustiça, a guerra, as armas nucleares, o racismo, as absurdas convenções dos adultos e, obviamente, a sopa. Ela tem aproximadamente seis anos , a cabeça é maior do que o corpo em proporção, rosto redondo, cabelos pretos volumosos na altura dos ombros com um laço , olhos pequenos redondos, nariz levemente arrebitado e boca larga. Ela usa um vestido estampado com lacinhos,meias soquetes e sapatos pretos. Manolito, amigo de Mafalda é o filho de um comerciante, mais preocupado com os negócios e dinheiro do que com outra coisa, não gosta dos Beatles e é um estudante que tira notas baixas (menos em matemática, por causa das contas que aprende no mercado do pai). Representa o conservadorismo capitalista na obra, apenas pensando no lucro do armazém de seu pai. Também adora inflações dos preços, pois assim acha que está lucrando. Manolito também tem a cabeça maior do que o corpo em proporção, rosto retangular, cabelos espetados no alto e raspados nas laterais, olhos e nariz pequenos e boca larga. Ele usa casaco sobre camisa, bermuda preta, meias soquetes e sapatos. Descrição: Quadro um:Mafalda e Manolito caminham lado a lado. Ele diz: As pessoas esperam que o ano que está começando seja melhor que o anterior. Quadro dois: Mafalda vira-se, fica frente a frente com Manolito e responde: Aposto que o ano que está começando espera que as pessoas é que sejam melhores.


A tirinha em preto e branco apresenta a personagem Mafalda em dois quadros e falas em balões. Mafalda é uma personagem criada pelo cartunista Joaquin Salvador Lavado, mais conhecido como Quino. É uma menina inteligente, rebelde, contestadora e odeia: a injustiça, a guerra, as armas nucleares, o racismo, as absurdas convenções dos adultos e, obviamente, a sopa. Ela tem aproximadamente seis anos , a cabeça é maior do que o corpo em proporção, rosto redondo, cabelos pretos volumosos na altura dos ombros com um laço , olhos pequenos redondos, nariz levemente arrebitado e boca larga. Ela usa um vestido estampado com lacinhos,meias soquetes e sapatos pretos.
Manolito, amigo de Mafalda é o filho de um comerciante, mais preocupado com os negócios e dinheiro do que com outra coisa, não gosta dos Beatles e é um estudante que tira notas baixas (menos em matemática, por causa das contas que aprende no mercado do pai). Representa o conservadorismo capitalista na obra, apenas pensando no lucro do armazém de seu pai. Também adora inflações dos preços, pois assim acha que está lucrando. Manolito também tem a cabeça maior do que o corpo em proporção, rosto retangular, cabelos espetados no alto e raspados nas laterais, olhos e nariz pequenos e boca larga. Ele usa casaco sobre camisa, bermuda preta, meias soquetes e sapatos.
Descrição: Quadro um:Mafalda e Manolito caminham lado a lado. Ele diz: As pessoas esperam que o ano que está começando seja melhor que o anterior. Quadro dois: Mafalda vira-se, fica frente a frente com Manolito e responde: Aposto que o ano que está começando espera que as pessoas é que sejam melhores. 

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Chef Lucas Corazza

A foto mostra a lateral de um trailer confeitaria móvel com as janelas abertas, toldo esticado e acima, escrito em letras brancas sobre uma faixa pink, o nome do chef: Lucas Corazza e abaixo do toldo, na mesma faixa: Confeiteiro. Na abertura da janela à esquerda, Lucas está apoiado na parte superior da proteção azul de acrílico do balcão de pedidos. Ele é um homem de pele branca, usa um boné com a aba para trás, óculos de aros grandes, tem bigode e barba por fazer e está de jaleco branco. Ao lado, à direita, um cartaz preto escrito em letras brancas: Menu,NY Style Cheesecake 12,Bolo Brigadeiro $12,Floresta Negra $12,Torta de Limão com Merengue @cheflucascorazza. Na parte inferior do trailer em azul marinho, acima de duas listras vermelhas lê-se: Lucas Corazza Confeiteiro. À direita, uma abertura larga onde uma vitrine composta por três prateleiras expõe, tortas, bolo e doces. Na lateral direita, dentro do trailer há um outro homem, em pé com jaleco branco, próximo a ele, outra abertura de janela que permite percebermos parte de um grafite do muro onde o trailer está estacionado.
A foto mostra a lateral de um trailer confeitaria móvel com as janelas abertas, toldo esticado e acima, escrito em letras brancas sobre uma faixa pink, o nome do chef: Lucas Corazza e abaixo do toldo, na mesma faixa: Confeiteiro. Na abertura da janela à esquerda, Lucas está apoiado na parte superior da proteção azul de acrílico do balcão de pedidos. Ele é um homem de pele branca, usa um boné com a aba para trás, óculos de aros grandes, tem bigode e barba por fazer e está de jaleco branco. Ao lado, à direita, um cartaz preto escrito em letras brancas: Menu,NY Style Cheesecake 12,Bolo Brigadeiro $12,Floresta Negra $12,Torta de Limão com Merengue @cheflucascorazza. Na parte inferior do trailer em azul marinho, acima de duas listras vermelhas lê-se: Lucas Corazza Confeiteiro. À direita, uma abertura larga onde uma vitrine composta por três prateleiras expõe, tortas, bolo e doces. Na lateral direita, dentro do trailer há um outro homem, em pé com jaleco branco, próximo a ele, outra abertura de janela que permite percebermos parte de um grafite do muro onde o trailer está estacionado.

Eu luto pela educação

A foto retrata um grupo de meninos sentados no chão embaixo de um viaduto. Em frente a eles, dois homens escrevem com giz branco em quadros negros colados a um paredão de concreto próximo ao viaduto. Os meninos copiam o que os homens escrevem. Ao fundo, várias bicicletas estacionadas. No topo, em fundo preto, letras brancas maiúsculas e em espanhol, lê-se: Cuando se nace pobre, ser estudioso es el mayor acto de rebeldia contra el sistema. No canto inferior direito, em letras brancas, a frase inserida em um quadrado preto: Eu luto pela educação.
A foto retrata um grupo de meninos sentados no chão embaixo de um viaduto. Em frente a eles, dois homens escrevem com giz branco em quadros negros colados a um paredão de concreto próximo ao viaduto. Os meninos copiam o que os homens escrevem. Ao fundo, várias bicicletas estacionadas. No topo, em fundo preto, letras brancas maiúsculas e em espanhol, lê-se: Cuando se nace pobre, ser estudioso es el mayor acto de rebeldia contra el sistema. No canto inferior direito, em letras brancas, a frase inserida em um quadrado preto: Eu luto pela educação.

Tudo eu, tudo eu...

A foto de perfil mostra um bebezão com fralda, avental e chapéu de mestre-cuca em frente a uma pia lavando um copo de liquidificador e um prato; à direita, sobre o tampo da pia, a tampa rosa do copo do liquidificador. O bebezão está compenetrado em seu trabalho. No topo, em letras pretas maiúsculas, lê-se: Mamãe agora tá enceguerada no tal de zap zap, tudo eu,tudo eu. No lugar do ponto final, um ícone de uma carinha triste.
A foto de perfil mostra um bebezão com fralda, avental e chapéu de mestre-cuca em frente a uma pia lavando um copo de liquidificador e um prato; à direita, sobre o tampo da pia, a tampa rosa do copo do liquidificador. O bebezão está compenetrado em seu trabalho. No topo, em letras pretas maiúsculas, lê-se: Mamãe agora tá enceguerada no tal de zap zap, tudo eu,tudo eu. No lugar do ponto final, um ícone de uma carinha triste.

sábado, 13 de dezembro de 2014

Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual

Cartaz retangular verticalizado com as bordas delineadas em vermelho.No topo, à esquerda, a logomarca formada por um círculo branco delineado em vermelho; ao redor do círculo, ícones de bonecos do peito para cima com os braços abertos ao alto, nas cores: vermelho, verde,pink, roxo, amarelo e azul. Inserido no círculo, lê-se: Programa CresCer; acima da letra C inicial o ícone de um boneco sentado na curvatura superior do C, como se estivesse sentado em uma cadeira de rodas; abaixo, à direita, em vermelho, a logomarca do supermercado Dia escrito em vermelho e ao lado o símbolo de porcentagem também em vermelho, inserido em uma quadrado branco. À direita, o texto: 13 de dezembro Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual. Amanhã será comemorado o Dia Nacional do Deficiente Visual. Confira a história de três colaboradores do DIA que provam o quanto é possível trabalhar e crescer na profissão, mesmo com a deficiência. Francilene Fernandes Duarte, assistente de logística do CDA. Na lateral direita a foto de Francilene: uma jovem de pele clara, rosto oval, cabelos pretos compridos e lisos, sobrancelhas retas, olhos amendoados, nariz reto e lábios medios; ela usa uma tira vermelha do porta-crachá sobre uma blusa chumbo. À esquerda, o depoimento: "Trabalho no DIA há seis anos.Comecei na Operação, como Conferente, sendo depois promovida a Auxiliar Administrativo no setor de Transporte. Atualmente trabalho no BackOffice como Assistente de Logística. Nessa caminhada tenho vencidos muitos desafios, sempre contando com a colaboração de pessoas especiais dispostas a ensinar e que me ajudaram no meu crescimento profissional dentro da empresa. Uma experiência legal que vivenciei no DIA foi conseguir ser aprovada para trabalhar no BackOffice junto com um amigo que trabalhava comigo no setor de Transporte. Ele é uma pessoa muito paciente, e me ajuda muito nas minhas atividades diárias. Abaixo, na lateral direita a foto de Flavia Aparecida Ferreira,massoterapeuta da Matriz: ela é uma jovem de pele clara, rosto oval,cabelos castanhos claros compridos e lisos, sobrancelhas espessas,olhos amendoados, nariz reto e lábios médios; ela usa um crachá preso ao jaleco branco na altura do peito. À esquerda, o depoimento: "Atuo no DIA há seis meses como Massoterapeuta. Fazer parte do mercado de trabalho é algo que me deixa muito feliz, pois me sinto útil e valorizada. A parte mais desafiadora do dia a dia é enfrentar as conduções, mas encontro muitas pessoas dispostas a ajudar sempre que necessário e eu já estou bem acostumada também. Apesar do pouco tempo em que estou na empresa, já vivi experiências muito legais, como poder trazer as minhas filhas para o Dia das Crianças. Nunca vou esquecer a alegria delas!" Abaixo, na lateral direita, a foto de Alan Fernando Correa, empacotador da loja 322-Santa Bárbara(CRI): ele é um homem de pele clara,cabelo bem curto, usa óculos, crachá sobre camiseta vermelha e está em frente ao balcão colocando mercadorias dentro das sacolas de plástico. À esquerda o depoimento: "Estou no DIA desde junho deste ano, atuo como Empacotador na loja 322(Santa Bárbara). Meu maior desafio é crescer e me desenvolver dentro da empresa, buscando sempre novas oportunidades. A experiência mais legal que vivencio aqui no DIA é saber que faço parte de uma equipe. Manter um relacionamento com meus colegas e saber que eu pertenço a uma empresa é muito gratificante." No canto inferior direito, sobre uma tarja lilás, logo e texto: Responsabilidade Social.
Cartaz retangular verticalizado com as bordas delineadas em vermelho.No topo, à esquerda, a logomarca formada por um círculo branco delineado em vermelho; ao redor do círculo, ícones de bonecos do peito para cima com os braços abertos ao alto, nas cores: vermelho, verde,pink, roxo, amarelo e azul. Inserido no círculo, lê-se: Programa CresCer; acima da letra C inicial o ícone de um boneco sentado na curvatura superior do C, como se estivesse sentado em uma cadeira de rodas; abaixo, à direita, em vermelho, a logomarca do supermercado Dia escrito em vermelho e ao lado o símbolo de porcentagem também em vermelho, inserido em uma quadrado branco. À direita, o texto: 13 de dezembro Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual. Amanhã será comemorado o Dia Nacional do Deficiente Visual. Confira a história de três colaboradores do DIA que provam o quanto é possível trabalhar e crescer na profissão, mesmo com a deficiência. Francilene Fernandes Duarte, assistente de logística do CDA. Na lateral direita a foto de Francilene: uma jovem de pele clara, rosto oval, cabelos pretos compridos e lisos, sobrancelhas retas, olhos amendoados, nariz reto e lábios medios; ela usa uma tira vermelha do porta-crachá sobre uma blusa chumbo. À esquerda, o depoimento: "Trabalho no DIA há seis anos.Comecei na Operação, como Conferente, sendo depois promovida a Auxiliar Administrativo no setor de Transporte. Atualmente trabalho no BackOffice como Assistente de Logística. Nessa caminhada tenho vencidos muitos desafios, sempre contando com a colaboração de pessoas especiais dispostas a ensinar e que me ajudaram no meu crescimento profissional dentro da empresa. Uma experiência legal que vivenciei no DIA foi conseguir ser aprovada para trabalhar no BackOffice junto com um amigo que trabalhava comigo no setor de Transporte. Ele é uma pessoa muito paciente, e me ajuda muito nas minhas atividades diárias. Abaixo, na lateral direita a foto de Flavia Aparecida Ferreira,massoterapeuta da Matriz: ela é uma jovem de pele clara, rosto oval,cabelos castanhos claros compridos e lisos, sobrancelhas espessas,olhos amendoados, nariz reto e lábios médios; ela usa um crachá preso ao jaleco branco na altura do peito. À esquerda, o depoimento: "Atuo no DIA há seis meses como Massoterapeuta. Fazer parte do mercado de trabalho é algo que me deixa muito feliz, pois me sinto útil e valorizada. A parte mais desafiadora do dia a dia é enfrentar as conduções, mas encontro muitas pessoas dispostas a ajudar sempre que necessário e eu já estou bem acostumada também. Apesar do pouco tempo em que estou na empresa, já vivi experiências muito legais, como poder trazer as minhas filhas para o Dia das Crianças. Nunca vou esquecer a alegria delas!" Abaixo, na lateral direita, a foto de Alan Fernando Correa, empacotador da loja 322-Santa Bárbara(CRI): ele é um homem de pele clara,cabelo bem curto, usa óculos, crachá sobre camiseta vermelha e está em frente ao balcão colocando mercadorias dentro das sacolas de plástico. À esquerda o depoimento: "Estou no DIA desde junho deste ano, atuo como Empacotador na loja 322(Santa Bárbara). Meu maior desafio é crescer e me desenvolver dentro da empresa, buscando sempre novas oportunidades. A experiência mais legal que vivencio aqui no DIA é saber que faço parte de uma equipe. Manter um relacionamento com meus colegas e saber que eu pertenço a uma empresa é muito gratificante." No canto inferior direito, sobre uma tarja lilás, logo e texto: Responsabilidade Social.

Malala Yousafzai

O flyer em fundo verde mostra na lateral direita, a foto de uma garota de pele clara, rosto oval, cabelos castanhos escuros repartidos da direita para a esquerda, sobrancelhas levemente arqueadas e espessas, olhos expressivos castanhos claros, nariz afilado e lábios carnudos. Ela usa um véu pink debruado em dourado sobre uma blusa de renda no mesmo tom. Abaixo em letras amarelas: Malala Yousafzai. Na lateral esquerda em letras vermelhas lê-se: “Não quero ser lembrada como a menina que levou um tiro. Quero ser lembrada como a menina que não baixou a cabeça.” Abaixo escrito em branco: Prêmio Nobel, entre as palavras, duas ramas verticais côncavas; e abaixo: Companhia Das Letras.
O flyer em fundo verde mostra na lateral direita, a foto de uma garota de pele clara, rosto oval, cabelos castanhos escuros repartidos da direita para a esquerda, sobrancelhas levemente arqueadas e espessas, olhos expressivos castanhos claros, nariz afilado e lábios carnudos. Ela usa um véu pink debruado em dourado sobre uma blusa de renda no mesmo tom. Abaixo em letras amarelas: Malala Yousafzai. Na lateral esquerda em letras vermelhas lê-se: “Não quero ser lembrada como a menina que levou um tiro. Quero ser lembrada como a menina que não baixou a cabeça.” Abaixo escrito em branco: Prêmio Nobel, entre as palavras, duas ramas verticais côncavas; e abaixo: Companhia Das Letras.

Descrição de uma ilustração...

A ilustração colorida mostra o interior de um ônibus lotado. Em destaque, uma grávida e um idoso em pé no corredor segurando-se: a mulher, no balaústre e o idoso no pega mão, localizado na parte superior do encosto do banco. No banco à esquerda, dois homens sentados com os olhos fechados, no vidro da janela, há um aviso em fundo amarelo escrito com letras pretas: Assento reservado para passageiros especiais; e no banco à direita, dois jovens sentados com os olhos fechados, o passageiro da janela está com fones de ouvido. No topo, em letras vermelhas maiúsculas e sublinhadas lê-se: Importante Descoberta Científica. Abaixo em letras pretas: Grávidas e Idosos causam Sono. Abaixo em letras menores: Toda vez que mulheres grávidas ou idosos entram num ônibus, as pessoas sentadas dormem.
A ilustração colorida mostra o interior de um ônibus lotado. Em destaque, uma grávida e um idoso em pé no corredor segurando-se: a mulher, no balaústre e o idoso no pega mão, localizado na parte superior do encosto do banco. No banco à esquerda, dois homens sentados com os olhos fechados, no vidro da janela, há um aviso em fundo amarelo escrito com letras pretas: Assento reservado para passageiros especiais; e no banco à direita, dois jovens sentados com os olhos fechados, o passageiro da janela está com fones de ouvido. No topo, em letras vermelhas maiúsculas e sublinhadas lê-se: Importante Descoberta Científica. Abaixo em letras pretas: Grávidas e Idosos causam Sono. Abaixo em letras menores: Toda vez que mulheres grávidas ou idosos entram num ônibus, as pessoas sentadas dormem.

Descrição de um flyer

Descrição da imagem: O flyer é retangular, dividido ao meio horizontalmente; a parte superior é menor, com imagens sobre o fundo preto; a parte inferior tem fundo verde, a data e o local estão escritos em letras amarelas e o restante do texto em letras brancas. Parte superior: Na lateral esquerda a ilustração de um homem com uma enorme corcunda sentado à direita de um sino; ele usa túnica marrom e calça verde remendada com linha preta. Ao fundo, vista aérea de uma multidão. No topo, à esquerda, em letras amarelas: Exposição O Corcunda de Notre Dame; na lateral direita lê-se: Abertura 03 de Dez de 2014 – 12h. Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – Conjunto Nacional – Av.Paulista,2073 – SP Visitação de 03 a 10 Dez; abaixo, inserido em um retângulo cinza: logomarcas dos patrocinadores; à direita, a miniatura de um cartaz em fundo laranja composto por três bonecos amarelos em posições dinâmicas e situações diferenciadas, intercalados por três mãos espalmadas no mesmo tom. À esquerda em cadeira de rodas; ao centro, apoiado em uma mão com as pernas para o alto e à direita, com bengala; abaixo em letras brancas maiúsculas lê-se: Virada Inclusiva. Na parte inferior do flyer lê-se: Dia 03 de dezembro a partir das 12h estaremos esperando por você. Traga sua animação, a família e os amigos porque vai ser uma grande surpresa. Condomínio Conjunto Nacional, Avenida Paulista,2073 próximo à Estação Consolação do Metrô. Momento Inesquecível, não fique de fora.
Dia 03 de dezembro a partir das 12h estaremos esperando por você. Traga sua animação, a família e os amigos porque vai ser uma grande surpresa. Condomínio Conjunto Nacional Avenida Paulista, 2073 próximo à Estação Consolação do Metrô. Momento inesquecível, não fique de fora. Essa celebração é sua também!
By Virada Inclusiva

Descrição da imagem: O flyer é retangular, dividido ao meio horizontalmente; a parte superior é menor, com imagens sobre o fundo preto; a parte inferior tem fundo verde, a data e o local estão escritos em letras amarelas e o restante do texto em letras brancas. Parte superior: Na lateral esquerda a ilustração de um homem com uma enorme corcunda sentado à direita de um sino; ele usa túnica marrom e calça verde remendada com linha preta. Ao fundo, vista aérea de uma multidão. No topo, à esquerda, em letras amarelas: Exposição O Corcunda de Notre Dame; na lateral direita lê-se: Abertura 03 de Dez de 2014 – 12h. Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – Conjunto Nacional – Av.Paulista,2073 – SP Visitação de 03 a 10 Dez; abaixo, inserido em um retângulo cinza: logomarcas dos patrocinadores; à direita, a miniatura de um cartaz em fundo laranja composto por três bonecos amarelos em posições dinâmicas e situações diferenciadas, intercalados por três mãos espalmadas no mesmo tom. À esquerda em cadeira de rodas; ao centro, apoiado em uma mão com as pernas para o alto e à direita, com bengala; abaixo em letras brancas maiúsculas lê-se: Virada Inclusiva. Na parte inferior do flyer lê-se: Dia 03 de dezembro a partir das 12h estaremos esperando por você. Traga sua animação, a família e os amigos porque vai ser uma grande surpresa. Condomínio Conjunto Nacional, Avenida Paulista,2073 próximo à Estação Consolação do Metrô. Momento Inesquecível, não fique de fora.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Descrição da arte de um Border Collie

A foto retrata um cão da raça Border Collie sentado olhando diretamente para a câmera com expressão apreensiva. Ele tem pelagem felpuda, do topo da cabeça até o focinho, uma mancha branca em forma de oito com a parte superior afunilada, o peito também é branco. Atrás dele à direita, uma imensa árvore de natal caída sobre o tapete bege, alguns enfeites estão esparramados no chão. À direita do cão em letras pretas lê-se: Foi a árvore de natal que começou!
A foto retrata um cão da raça Border Collie sentado olhando diretamente para a câmera com expressão apreensiva. Ele tem pelagem felpuda, do topo da cabeça até o focinho, uma mancha branca em forma de oito com a parte superior afunilada, o peito também é branco. Atrás dele à direita, uma imensa árvore de natal caída sobre o tapete bege, alguns enfeites estão esparramados no chão. À direita do cão em letras pretas lê-se: Foi a árvore de natal que começou!

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Descrição de uma águia...

A fotografia mostra uma águia no ar com as asas abertas em arco, o corpo ereto e cabeça para frente preparando-se para pousar. As patas e garras estão para baixo; as penas nas extremidades das asas estão em posição igual ao dos flaps nas asas das aeronaves antes de tocarem a pista. A penugem preta cobre o corpo e asas; a cabeça, pescoço e rabo, em branco; as patas são amarelas e o bico no mesmo tom é curvado para baixo. A águia plana sobre um tapete formado por nuvens brancas e acima, o céu azul mesclado com algumas camadas de nuvens. No canto inferior direito em letras maiúsculas pretas lê-se: Antes de tentar tirar meu chão, vou te contar um segredo: Eu sei voar!
A fotografia mostra uma águia no ar com as asas abertas em arco, o corpo ereto e cabeça para frente preparando-se para pousar. As patas e garras estão para baixo; as penas nas extremidades das asas estão em posição igual ao dos flaps nas asas das aeronaves antes de tocarem a pista. A penugem preta cobre o corpo e asas; a cabeça, pescoço e rabo, em branco; as patas são amarelas e o bico no mesmo tom é curvado para baixo. A águia plana sobre um tapete formado por nuvens brancas e acima, o céu azul mesclado com algumas camadas de nuvens. No canto inferior direito em letras maiúsculas pretas lê-se: Antes de tentar tirar meu chão, vou te contar um segredo: Eu sei voar!

Descrição de um pássaro...

A foto em fundo esverdeado e desfocado, mostra um Martim-Pescador Malaquita (Alcedo cristata), pássaro de pequeno porte com cerca de treze centímetros de comprimento, nativo da região da África subsahariana.Ele está pousado na ponta de um tronco de árvore seco. A plumagem das asas fechadas atrás das costas é azul com brilho metálico. A carinha e restante do corpo são cobertos por plumas alaranjadas; na parte traseira do pescoço, uma listra branca e abaixo do bico vermelho reto, um bigode espesso branco. A cauda é bem curta e as garras são em vermelho brilhante. A cabeça é adornada por um tufo alto aberto em leque em listras horizontais em azul e preto.
A foto em fundo esverdeado e desfocado, mostra um Martim-Pescador Malaquita (Alcedo cristata), pássaro de pequeno porte com cerca de treze centímetros de comprimento, nativo da região da África subsahariana.Ele está pousado na ponta de um tronco de árvore seco. A plumagem das asas fechadas atrás das costas é azul com brilho metálico. A carinha e restante do corpo são cobertos por plumas alaranjadas; na parte traseira do pescoço, uma listra branca e abaixo do bico vermelho reto, um bigode espesso branco. A cauda é bem curta e as garras são em vermelho brilhante. A cabeça é adornada por um tufo alto aberto em leque em listras horizontais em azul e preto.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Descrição de um dos grafites de Natalia Rak

Natalia Rak e seu gigantesco grafite em Bialystok, Polônia. A foto mostra um gigantesco grafite na parede lateral de um prédio. O grafite à direita é de uma garota ruiva com trancinhas e traje típico polonês: Vestido regata com corpete preto, saia listrada em tons de vermelho, azul, amarelo e branco.  O vestido tem um grande laço vermelho na cintura e está sobre uma camisa branca de mangas curtas bufantes com bordados. A garota parece flutuar, está descalça, na ponta dos pés regando uma árvore natural à esquerda, junto à parede do prédio.
Natalia Rak e seu gigantesco grafite em Bialystok, Polônia.
A foto mostra um gigantesco grafite na parede lateral de um prédio. O grafite à direita é de uma garota ruiva com trancinhas e traje típico polonês: Vestido regata com corpete preto, saia listrada em tons de vermelho, azul, amarelo e branco.  O vestido tem um grande laço vermelho na cintura e está sobre uma camisa branca de mangas curtas bufantes com bordados. A garota parece flutuar, está descalça, na ponta dos pés regando uma árvore natural à esquerda, junto à parede do prédio.

"A FESTA" Edição Rio de Janeiro!

Mais uma vez tivemos a oportunidade de participar de “A Festa Edição Rio de Janeiro”, onde conhecemos muita gente legal, pessoas atuantes em favor da acessibilidade e inclusão. Alex, mais uma vez você proporcionou a todos nós a oportunidade de nos sentirmos iguais, integrados! Fizemos novas amizades, encontramos amigos queridos, onde há vontade de acertar e compreensão, as falhas passam despercebidas! Mais uma vez, nota DEZ. Descrição: O convite em fundo branco traz informações em letras coloridas. No canto superior esquerdo em letras vermelhas maiúsculas lê-se: Vem ai... ;logo abaixo em letras pretas: “A FESTA” FESTA DA INTERAÇÃO; no canto superior direito: Edição Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2014, das 16 as 22h. Descrição: A Ilustração do convite é composta por silhuetas coloridas de nove pessoas, sendo homens, mulheres e um cão-guia, nas cores: amarela, rosa, verde, cor de laranja, azul e vermelho. Oito pessoas estão em pé; um homem é cadeirante, junto a ele, uma mulher com a mão apoiada na cadeira. Um homem cego com bengala e um cão-guia; um anão ao lado de uma pessoa alta e na ponta direita, uma mulher obesa. Algumas imagens estão levemente sobrepostas, misturando uma cor com a outra. Fim da descrição.
Mais uma vez tivemos a oportunidade de participar de “A Festa Edição Rio de Janeiro”, onde conhecemos muita gente legal, pessoas atuantes em favor da acessibilidade e inclusão. Alex, mais uma vez você proporcionou a todos nós a oportunidade de nos sentirmos iguais, integrados! Fizemos novas amizades, encontramos amigos queridos, onde há vontade de acertar e compreensão, as falhas passam despercebidas! Mais uma vez, nota DEZ.
Descrição: O convite em fundo branco traz informações em letras coloridas. No canto superior esquerdo em letras vermelhas maiúsculas lê-se: Vem ai... ;logo abaixo em letras pretas: “A FESTA” FESTA DA INTERAÇÃO; no canto superior direito: Edição Rio de Janeiro, 22 de Novembro de 2014, das 16 as 22h. Descrição: A Ilustração do convite é composta por silhuetas coloridas de nove pessoas, sendo homens, mulheres e um cão-guia, nas cores: amarela, rosa, verde, cor de laranja, azul e vermelho. Oito pessoas estão em pé; um homem é cadeirante, junto a ele, uma mulher com a mão apoiada na cadeira. Um homem cego com bengala e um cão-guia; um anão ao lado de uma pessoa alta e na ponta direita, uma mulher obesa. Algumas imagens estão levemente sobrepostas, misturando uma cor com a outra.
Fim da descrição.

Descrição de uma foto

A foto retrata em primeiro plano um casal beijando-se na praia. O rapaz sustenta a garota pela cintura, os joelhos dela estão na altura do peito dele. Ela está com o corpo inclinado à frente formando um L virado, a cabeça dele está inclinada para trás, os cabelos dela pendem para baixo cobrindo seus rostos colados. Ela usa camiseta branca e shorts preto, ele usa camiseta branca e bermuda bege. Ao fundo, um homem com roupa azul sentado na areia observa-os. No topo em letras maiúsculas brancas lê-se: Essa foto resume minha vida amorosa; e no rodapé: Eu sou o cara de azul.
A foto retrata em primeiro plano um casal beijando-se na praia. O rapaz sustenta a garota pela cintura, os joelhos dela estão na altura do peito dele. Ela está com o corpo inclinado à frente formando um L virado, a cabeça dele está inclinada para trás, os cabelos dela pendem para baixo cobrindo seus rostos colados. Ela usa camiseta branca e shorts preto, ele usa camiseta branca e bermuda bege. Ao fundo, um homem com roupa azul sentado na areia observa-os. No topo em letras maiúsculas brancas lê-se: Essa foto resume minha vida amorosa; e no rodapé: Eu sou o cara de azul.

Descrição de um desenho

O desenho em preto e branco é composto por duas imagens lado a lado. À esquerda, em um quadro na parede, uma mulher sorridente da cintura para cima, com os cabelos longos esvoaçantes à esquerda; abaixo do quadro, um aparador com um abajur. Um gatinho preto e em pé, na ponta das patas traseiras, apoia as patinhas brancas dianteiras no aparador. À direita, o gato está sentado no tampo do aparador bem em frente a mulher do quadro, dando a impressão de que a mulher está na ponta do pé, com um vestido e meias em preto. As orelhas pontudas do gato formam as alças do vestido, a cabeça e a parte do corpo do bichano, o vestido e a cauda reta para baixo, as pernas.
O desenho em preto e branco é composto por duas imagens lado a lado. À esquerda, em um quadro na parede, uma mulher sorridente da cintura para cima, com os cabelos longos esvoaçantes à esquerda; abaixo do quadro, um aparador com um abajur. Um gatinho preto e em pé, na ponta das patas traseiras, apoia as patinhas brancas dianteiras no aparador. À direita, o gato está sentado no tampo do aparador bem em frente a mulher do quadro, dando a impressão de que a mulher está na ponta do pé, com um vestido e meias em preto. As orelhas pontudas do gato formam as alças do vestido, a cabeça e a parte do corpo do bichano, o vestido e a cauda reta para baixo, as pernas.

Descrição de Chandra, o menor homem do mundo e Sultan, o mais alto!

A foto mostra dois homens à frente de um vasto gramado, sobre um tapete cinza. À esquerda, o menor homem do mundo, Chandra, mede apenas 54,61 centímetros de altura, um nepalês que vive na aldeia isolada de Reemkholi; ele tem pele branca, rosto triangular, sobrancelhas arqueadas, olhos pequenos, nariz afilado e lábios médios; usa um quepe preto com um medalhão frontal, colete preto sobre camisa branca e calça cinza. À direita, o homem mais alto do mundo, Sultan, possui mais de 2,43 metros de altura, um turco que vive em Ancara; ele tem pele branca, rosto anguloso, cabelos escuros curtos, sobrancelhas arqueadas e espessas, olhos caídos, nariz reto, lábios médios, dentes alvos e cavanhaque; usa terno, cinto e sapatos pretos, gravata vermelha sobre camisa branca; Sultan está pé, segura com a mão esquerda a manopla de uma bengala. Os dois acenam com a mão direita ao alto. Ao fundo, a fachada do Palácio de Westminster evidenciando à direita a torre do relógio, dentro da torre, o Big Ben.

A foto mostra dois homens à frente de um vasto gramado, sobre um tapete cinza. À esquerda, o menor homem do mundo, Chandra, mede apenas 54,61 centímetros de altura, um nepalês que vive na aldeia isolada de Reemkholi; ele tem pele branca, rosto triangular, sobrancelhas arqueadas, olhos pequenos, nariz afilado e lábios médios; usa um quepe preto com um medalhão frontal, colete preto sobre camisa branca e calça cinza. À direita, o homem mais alto do mundo, Sultan, possui mais de 2,43 metros de altura, um turco que vive em Ancara; ele tem pele branca, rosto anguloso, cabelos escuros curtos, sobrancelhas arqueadas e espessas, olhos caídos, nariz reto, lábios médios, dentes alvos e cavanhaque; usa terno, cinto e sapatos pretos, gravata vermelha sobre camisa branca; Sultan está pé, segura com a mão esquerda a manopla de uma bengala. Os dois acenam com a mão direita ao alto. Ao fundo, a fachada do Palácio de Westminster evidenciando à direita a torre do relógio, dentro da torre, o Big Ben.

Descrição de um ex-fuzileiro naval

A foto mostra o modelo Alex Minsky, ex-fuzileiro naval que lutou no Afeganistão. Alex está sentado em um banco de madeira, à direita, próximo a ele, uma pilha de lenha; o cabo de um enorme machado está apoiado na pilha com a lâmina sobre o piso claro. Alex é um homem jovem de pele bronzeada, rosto oval, cabelos curtos castanhos claros, sobrancelhas levemente arqueadas, nariz reto, lábios médios, bigode e barba por fazer. Está nu da cintura para cima evidenciando a tatuagem em preto, verde e vermelho que envolve os torneados braços e mãos. Acima do peito musculoso, próximo aos ombros, duas grandes rosas vermelhas tatuadas e outra centralizada no peito. Nas laterais do abdômen bem definido, esboço preto de tatuagens por finalizar. Alex segura uma perna mecânica direita sobre as coxas; ele usa jeans surrado e sapato gasto. A perna da calça está cortada acima do joelho e do toco da perna mutilada. À esquerda, sobre o banco, uma camisa xadrez cor de laranja e preto.

A foto mostra o modelo Alex Minsky, ex-fuzileiro naval que lutou no Afeganistão. Alex está sentado em um banco de madeira, à direita, próximo a ele, uma pilha de lenha; o cabo de um enorme machado está apoiado na pilha com a lâmina sobre o piso claro. Alex é um homem jovem de pele bronzeada, rosto oval, cabelos curtos castanhos claros, sobrancelhas levemente arqueadas, nariz reto, lábios médios, bigode e barba por fazer. Está nu da cintura para cima evidenciando a tatuagem em preto, verde e vermelho que envolve os torneados braços e mãos. Acima do peito musculoso, próximo aos ombros, duas grandes rosas vermelhas tatuadas e outra centralizada no peito. Nas laterais do abdômen bem definido, esboço preto de tatuagens por finalizar. Alex segura uma perna mecânica direita sobre as coxas; ele usa jeans surrado e sapato gasto. A perna da calça está cortada acima do joelho e do toco da perna mutilada. À esquerda, sobre o banco, uma camisa xadrez cor de laranja e preto.

Descrição de uma fatia de torta assinada pelo Chef Lucas Corazza

A foto é de uma fatia de torta assinada pelo Chef Lucas Corazza, intercalada por camadas de: cheesecake leve, feito sem assar, cookies e ganache, coberto por um fino e reluzente doce de leite que escorre na beirada da fatia.
A foto é de uma fatia de torta assinada pelo Chef Lucas Corazza, intercalada por camadas de: cheesecake leve, feito sem assar, cookies e ganache, coberto por um fino e reluzente doce de leite que escorre na beirada da fatia.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Descrição do Ingresso de A Festa II

Descrição: O convite retangular com fundo azul claro, traz as informações em letras pretas: A Festa! 22/11/2014 das 16h às 22h Local: Casa de Festas Sunflower / Garden Party. Av.Monsenhor Felix, 401 – Irajá / RJ. Nas bordas superior e inferior há uma faixa bege que remete a uma renda. Na lateral esquerda, uma faixa vermelha próxima à numeração 0001 e ao lado o código de barras. Na lateral direita uma faixa azul, branco e preto com impressão holográfica. Ao lado direito das informações, silhueta em preto de pessoas interagindo. Fim da descrição.
Descrição: O convite retangular com fundo azul claro, traz as informações em letras pretas: A Festa! 22/11/2014 das 16h às 22h Local: Casa de Festas Sunflower / Garden Party. Av.Monsenhor Felix, 401 – Irajá / RJ. Nas bordas superior e inferior há uma faixa bege que remete a uma renda. Na lateral esquerda, uma faixa vermelha próxima à numeração 0001 e ao lado o código de barras. Na lateral direita uma faixa azul, branco e preto com impressão holográfica. Ao lado direito das informações, silhueta em preto de pessoas interagindo. Fim da descrição.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Descrição de uma tirinha...

Mulher não desiste nunca!!! kkkk   Lili a ex é uma criação do cartunista Caco Galhardo, publiicada na Folha de São Paulo desde 2009. A agitada e expansiva Lili engata uma loucura atrás da outra para perturbar Reginaldo, o ex-marido, ainda que deixe claro não querer reatar. Ela só tem interesse em atrapalhar a vida do ex-marido, mesmo. Ele, aliás, também não quer nada com Lili e, apesar de reclamar uma infinidade de vezes que a mulher invadiu a sua privacidade ao se mudar para o apartamento ao lado, não encara uma briga séria para tirá-la do lugar. Metódico e com mania de limpeza, o acovardado Reginaldo parece gostar de ter por perto alguém que vire seu mundo de cabeça para baixo e que instale o caos para que ele possa arrumar tudo depois. Dois personagens estão frente a frente: Do lado esquerdo Reginaldo, um homem com rosto quadrado, cabelos escuros lisos, óculos sobre os olhos miúdos, narigão e boca grande; ele usa terno, gravata e camisa branca. Do lado direito, Lili: uma mulher de rosto redondo, cabelos escuros lisos com topete para frente, olhos miúdos, nariz comprido e boca grande. Ela tem seios pequenos empinados sob o decote da roupa clara tomara que caia; no pescoço, uma fitinha preta. Q1- Reginaldo fala: Lili, se eu soubesse o quanto você iria me atormentar... Lili olha para ele com ar de espanto. Q2- Com a boca arreganhada, testa franzida e dedo indicador em riste ele continua: ...jamais teria me separado de você! Lili o observa com olhos franzidos. Q3- Lili cutuca o ombro de Reginaldo com o dedo indicador, pisca o olho direito e retruca aos gritos: Tá arrependido, né? Reginaldo fica vesgo e coloca a língua para fora.  Fim da descrição.
Mulher não desiste nunca!!! kkkk

Lili a ex é uma criação do cartunista Caco Galhardo, publiicada na Folha de São Paulo desde 2009. A agitada e expansiva Lili engata uma loucura atrás da outra para perturbar Reginaldo, o ex-marido, ainda que deixe claro não querer reatar. Ela só tem interesse em atrapalhar a vida do ex-marido, mesmo. Ele, aliás, também não quer nada com Lili e, apesar de reclamar uma infinidade de vezes que a mulher invadiu a sua privacidade ao se mudar para o apartamento ao lado, não encara uma briga séria para tirá-la do lugar. Metódico e com mania de limpeza, o acovardado Reginaldo parece gostar de ter por perto alguém que vire seu mundo de cabeça para baixo e que instale o caos para que ele possa arrumar tudo depois.
Dois personagens estão frente a frente: Do lado esquerdo Reginaldo, um homem com rosto quadrado, cabelos escuros lisos, óculos sobre os olhos miúdos, narigão e boca grande; ele usa terno, gravata e camisa branca. Do lado direito, Lili: uma mulher de rosto redondo, cabelos escuros lisos com topete para frente, olhos miúdos, nariz comprido e boca grande. Ela tem seios pequenos empinados sob o decote da roupa clara tomara que caia; no pescoço, uma fitinha preta.
Q1- Reginaldo fala: Lili, se eu soubesse o quanto você iria me atormentar...
Lili olha para ele com ar de espanto.
Q2- Com a boca arreganhada, testa franzida e dedo indicador em riste ele continua: ...jamais teria me separado de você! Lili o observa com olhos franzidos.
Q3- Lili cutuca o ombro de Reginaldo com o dedo indicador, pisca o olho direito e retruca aos gritos: Tá arrependido, né? Reginaldo fica vesgo e coloca a língua para fora. 
Fim da descrição.

Descrição de um desenho

O desenho mostra um homem em pé próximo a uma porta marrom aberta; à frente, há um aparador quadrado e baixo, no tampo, um vaso roxo e branco com seis flores. O homem tem rosto caricato, cabelos castanhos com dois fios arrepiados, testa e óculos pequenos, nariz horizontal comprido, dentes pontiagudos e queixo grande; usa gravata vermelha sobre camisa rosa, calça cinza e o casaco do terno pende sobre o ante braço esquerdo, na mão direita, uma maleta marrom. Ele diz: Querida...Tenho um problema no trabalho... Resposta: Temos um problema meu amor, porque os teus problemas são meus também! O homem: Ok! A nossa secretária vai ter um filho nosso...No canto inferior direito o nome do autor: Alejo Ludueña.
O desenho mostra um homem em pé próximo a uma porta marrom aberta; à frente, há um aparador quadrado e baixo, no tampo, um vaso roxo e branco com seis flores. O homem tem rosto caricato, cabelos castanhos com dois fios arrepiados, testa e óculos pequenos, nariz horizontal comprido, dentes pontiagudos e queixo grande; usa gravata vermelha sobre camisa rosa, calça cinza e o casaco do terno pende sobre o ante braço esquerdo, na mão direita, uma maleta marrom. Ele diz: Querida...Tenho um problema no trabalho... Resposta: Temos um problema meu amor, porque os teus problemas são meus também! O homem: Ok! A nossa secretária vai ter um filho nosso...No canto inferior direito o nome do autor: Alejo Ludueña.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Descrição de um Mandarin Duck

Foto de um pato de médio porte pousado sobre tronco de árvore molhado que emerge d´água coberta por folhas e pétalas. Visto do perfil esquerdo, a penugem em cores vibrantes mostra cabeça pequena nas cores: ao centro: a partir do bico vermelho curto, inicia em azulão e finaliza em vermelho; o olho redondo preto delineado em branco sobre penugem amarela finaliza em uma faixa decrescente branca; no pescoço, um leque rajado em preto-e-branco com bordas em laranja. O corpo é roliço, peito roxo com duas listras verticais brancas, flancos amarronzados, com duas faixas laranja que deslizam pelas costas, cauda curta, na parte inferior: branco com mancha marrom e na parte superior: plumagem branca com listras fininhas azuis sobre a cauda preta próxima a superfície líquida.
Foto de um pato de médio porte pousado sobre tronco de árvore molhado que emerge d´água coberta por folhas e pétalas. Visto do perfil esquerdo, a penugem em cores vibrantes mostra cabeça pequena nas cores: ao centro: a partir do bico vermelho curto, inicia em azulão e finaliza em vermelho; o olho redondo preto delineado em branco sobre penugem amarela finaliza em uma faixa decrescente branca; no pescoço, um leque rajado em preto-e-branco com bordas em laranja. O corpo é roliço, peito roxo com duas listras verticais brancas, flancos amarronzados, com duas faixas laranja que deslizam pelas costas, cauda curta, na parte inferior: branco com mancha marrom e na parte superior: plumagem branca com listras fininhas azuis sobre a cauda preta próxima a superfície líquida.

Descrição de uma foto

A foto é de uma árvore com a base bifurcada ao meio, em dois troncos finos com galhos desfolhados. Ela está na divisa de uma trilha gramada que segue ao fundo e dobra a direita e um terreno arado do lado direito. Do lado esquerdo, outro vasto terreno arado a perder de vista. Os troncos e os galhos contrastam com uma enorme nuvem branca ao fundo, que veste a árvore presenteando-a com uma exuberante copa com aparência de algodão. No horizonte, nuvens escuras destoam do azul do céu. No canto inferior esquerdo em letras brancas lê-se: Enxerga melhor, Aquele que, Enxerga com a alma. Jayson Viana Aguar.
A foto é de uma árvore com a base bifurcada ao meio, em dois troncos finos com galhos desfolhados. Ela está na divisa de uma trilha gramada que segue ao fundo e dobra a direita e um terreno arado do lado direito. Do lado esquerdo, outro vasto terreno arado a perder de vista. Os troncos e os galhos contrastam com uma enorme nuvem branca ao fundo, que veste a árvore presenteando-a com uma exuberante copa com aparência de algodão. No horizonte, nuvens escuras destoam do azul do céu. No canto inferior esquerdo em letras brancas lê-se: Enxerga melhor, Aquele que, Enxerga com a alma. Jayson Viana Aguar.

Amor de Irmão

A foto é de duas garotinhas com traços orientais. Uma está em pé, com carinha de arteira, próxima a uma parede azul desbotada; ela segura com a mão esquerda um rolo de fita adesiva preta larga; a outra, é menor e está colada na parede em um nível mais alto; em cada um dos bracinhos há dois pedaços de fita, um, acima do peito, outro, na barriga, mais um no quadril e também no meio da perninha esquerda, o pé direito está levemente inclinado para cima. Elas sorriem! No topo em letras pretas maiúsculas lê-se: Amor de irmão; e abaixo da garotinha colada na parede em letras menores: Se você também ama seu irmão! Compartilha.
A foto é de duas garotinhas com traços orientais. Uma está em pé, com carinha de arteira, próxima a uma parede azul desbotada; ela segura com a mão esquerda um rolo de fita adesiva preta larga; a outra, é menor e está colada na parede em um nível mais alto; em cada um dos bracinhos há dois pedaços de fita, um, acima do peito, outro, na barriga, mais um no quadril e também no meio da perninha esquerda, o pé direito está levemente inclinado para cima. Elas sorriem! No topo em letras pretas maiúsculas lê-se: Amor de irmão; e abaixo da garotinha colada na parede em letras menores: Se você também ama seu irmão! Compartilha.

Bom para a criança cega e a criança vidente. Todo mundo brinca, todo mundo aprende.

Descrição: Retângulos na cor creme com cantos arredondados. Eles tem aproximadamente o tamanho da palma da mão. Letras coloridas do alfabelo da lingua portuguesa e em Braille estão estampados nas peças.  Fim da descrição. Link: http://www.reab.me/crianca-cega-tambem-brinca-conheca-brinquedos-para-os-pequenos-com-deficiencia-visual/
Descrição: Retângulos na cor creme com cantos arredondados. Eles tem aproximadamente o tamanho da palma da mão. Letras coloridas do alfabelo da lingua portuguesa e em Braille estão estampados nas peças. 
Fim da descrição.